Em fim de contrato com Atlético-MG, meia é sondado por clubes do Brasil e exterior

Com os direitos econômicos presos ao Internacional, Valdivia não vai permanecer no Galo

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 04 (AFI) - A passagem de Valdívia pelo Atlético-MG deve estar chegando ao fim. É o que garante Jair Peixoto, empresário do atleta. Segundo o agente, o meia deve cumprir seu contrato, que termina em maio deste ano. E, posteriormente, deve buscar novos ares para sua carreira.

Valdívia não deve permanecer no Atlético-MG (Foto: André Yanckous/AGIF)
Valdívia não deve permanecer no Atlético-MG (Foto: André Yanckous/AGIF)
Segundo Peixoto já existem clubes do Brasil e do exterior interessados em contar com o futebol do jogador. Entretanto, tudo deverá ser acertado posteriormente com o Internacional, detentor dos direitos econômicos do jogador. Os clubes em questão não foram revelados pelo empresário, mas vale recordar que no ano passado, o atleta foi especulado em Cruzeiro e Corinthians.

Aos 23 anos, Valdívia disputou 31 jogos (30 como titular) pelo Galo em 2017, tendo anotado um gol. Cria da base do Colorado, o meia ganhou notoriedade nacional ao ir bem na Libertadores de 2015, quando o Inter chegou às semifinais e acabou eliminado pelo mexicano Tigres.

ESTREIA
O Atlético-MG estreia no Campeonato Mineiro no próximo dia 18, quando visita o Boa Esporte, às 19h30, no Estádio do Melão, em Varginha.