Mesmo em 3º na Série B, Atlético-GO demite treinador após empate em clássico

Wagner Lopes estava prestes a completar um ano no comando do Dragão e não resistiu após três jogos sem vitória

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 12 (AFI) – Nem mesmo a boa posição na tabela de classificação deixa os clubes da Série B do Campeonato Brasileiro imunes às trocas de técnico. Após o empate por 1 a 1 em clássico contra o Vila Nova, o Atlético-GO, que está em terceiro, demitiu o técnico Wagner Lopes.

O clássico no Serra Dourada foi o terceiro jogo seguido sem vitórias, somado à derrota por 2 a 0 para o Guarani e empate também por 1 a 1 com o Cuiabá.

Com a sequência de resultados ruins, o Atlético perdeu a vice-liderança para o Sport, que bateu o São Bento por 2 a 0 e chegou a 49 pontos, dois a mais do que a equipe goiana. O líder segue sendo o Bragantino, com 54 pontos e um jogo a menos.

Na próxima partida, na segunda-feira, contra a Ponte Preta, o Atlético será comandado pelo auxiliar Eduardo Souza, que faz parte da comissão fixa do clube. O auxiliar de Wagner Lopes, Sandro Rosa, também deixa o Atlético junto com o treinador.