Série B: Após título goiano, treinador deve seguir no Atlético

O presidente Adson Batista disse que o contrato só não será renovado se Wagner Lopes pedir o dobro de salário

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 24 (AFI) - Se nenhum imprevisto acontecer nos próximos dias, Wagner Lopes deve ser o treinador do Atlético-GO no Campeonato Brasileiro da Série B. O contrato entre as partes foi assinado até o fim do Goiano.

O presidente Adson Batista acredita que a manutenção do trabalho vai ser bom para ambas as partes e espera que o treinador não queira "dobrar o salário" após a conquista do título goiano - no último final de semana, o Atlético bateu o rival Goiás na final.

O técnico Wagner Lopes (ao centro) deve seguir no Atlético-GO para a disputa da Série B
O técnico Wagner Lopes (ao centro) deve seguir no Atlético-GO para a disputa da Série B
"Vai ser ele o treinador, não tem mudança nenhuma. Só se ele vier e quiser que dobre o salário. Aí ele vai perder uma grande oportunidade, até porque nós temos nosso limite financeiro. O Wagner está em crescimento, em evolução e o Atlético é muito importante para ele", comentou Adson Batista à Rádio Sagres 730.

O Atlético-GO vem sendo apontado por muitos como um dos candidatos ao acesso à elite do Brasileirão. Principalmente porque a Série B deste ano vai estar bastante nivelada, já que não tem a presença de nenhum dos chamados "grandes".

A estreia rubronegra será nesta sexta-feira, contra o São Bento, às 21h30, no Walter Ribeiro, em Sorocaba.