Bahia e CSA miram destaque do Atlético-GO na Série B

O atacante Júlio César pertence a Chapecoense e ainda não sabe onde vai atuar em 2019

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 04 (AFI) - O Atlético-GO não conquistou o acesso à elite do Campeonato Brasileiro - terminou em sexto lugar, com 59 pontos -, mas Júlio César terminou o ano valorizado. Destaque do Dragão, o atacante interessa a Bahia e CSA para a próxima temporada.

Júlio César estava emprestado pela Chapecoense e está com seu futuro indefinido. O Atlético-GO até tentou prorrogar seu vínculo, mas seu destino deve mesmo ser longe de Goiânia. O CSA foi um dos clubes que conquistou o acesso à Série A, enquanto o Bahia já está consolidado na elite.

O atacante Júlio César terminou o ano em alta após boa Série B pelo Atlético-GO (Foto: Paulo Marcos/Atlético-GO)
O atacante Júlio César terminou o ano em alta após boa Série B pelo Atlético-GO (Foto: Paulo Marcos/Atlético-GO)
"Volto para a Chapecoense, que é meu clube. Vamos ver até o fim do mês onde vai ser meu futuro", despistou o atacante em entrevista à Rádio 730, de Goiânia.

O atacante de 24 anos foi revelado na base do Paraná e passou por ABC, Inter de Lages, Cascavel, Caxias, Oeste e Chapecoense até chegar ao Atlético-GO, onde disputou 45 partidas. Na Série B, Júlio César marcou oito gols e ainda contribuiu com nove assistências.

Sem Júlio César, a diretoria rubronegra ainda tenta a permanência de outros dois jogadores que se destacaram na Série B: o meia João Paulo e o atacante Renato Kayzer. As possibilidades de renovação, porém, são remotas.

 
 
" />