Série B: 'Atlético-GO tem uma das folhas mais baixas', diz Adson Batista

Dirigente exaltou o processo de montagem de elenco feito pelo clube, terceiro colocado na segunda divisão

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 12 (AFI) - Terceiro colocado do Campeonato Brasileiro da Série B, com 43 pontos, o Atlético-GO adotou uma postura cautelosa para buscar o retorno à elite após o rebaixamento na temporada passada. Um dos cuidados foi em relação à montagem do elenco, na intenção de conter gastos.

Segundo o diretor de futebol e vice-presidente Adson Batista, o elenco atleticano é um dos mais baratos da segunda divisão nacional.

“A folha do Atlético é uma das mais baratas do Campeonato Brasileiro da Série B. Então essa é uma forma de trabalhar, buscando sempre novos talentos como foi com o Júnior Brandão, Oliveira e vários outros que estão jogando aí no elenco. É uma forma de trabalhar sem trazer desgaste financeiro pelo clube, pelo contrário, sempre buscando trazer retorno técnico e financeiro como foi com a venda do Brandão”, afirmou o dirigente.

Foto: Divulgação / Atlético-GO
Foto: Divulgação / Atlético-GO
O ciclo de contratações de 2018 foi encerrado com as chegadas do atacante Thiago Santos, ex-Paraná, e do meia Vitinho, ex-Bragantino. No total, foram 39 jogadores contratados, 19 para a disputa do Campeonato Goiano e mais 20 para a Série B.

“Na verdade, nós tivemos que remontar uma equipe. Muitos desses 39 jogadores foram apostas, atletas para o time sub-23 (que disputou o Brasileiro de Aspirantes), então este número não condiz com o nosso elenco que é muito reduzido. O elenco do Atlético é enxuto, às vezes fazemos uma mudança ou outra, e os jogadores que não se firmarem nós vamos liberando”, avaliou Adson.

 
 
" />