Dirigente do Atlético-GO alfineta treinador, reclama de Walter e exalta Ronaldo

Adson Batista não gostou do empate, por 1 a 1, diante do Bahia, no Olímpico

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 13 (AAFI) – O empate por 1 a 1 diante do Bahia, em pleno Olímpico, não foi facilmente digerido pelo diretor de futebol do Atlético-GO, Adison Batista. O dirigente aproveitou a entrevista para alfinetar o técnico João Paulo Sanches, reclamar do atacante Walter, mas acabou exaltando a estreia de Ronaldo.

Adson Batista falou sobre o empate diante do Bahia - Reprodução/TV Anhanguera
Adson Batista falou sobre o empate diante do Bahia
“Walter e Alison não têm condições de jogar juntos. São jogadores com a mesma característica. Ocupam o mesmo espaço. Faltou um pouco mais de experiência. Não só do técnico, mas de todos nós. Temos que tirar conceitos e ensinamentos dessa partida. Gostei do Ronaldo, pois entrou bem. Tem muita qualidade técnica. Sentimos muito a falta do Paulinho, então espero ver em breve os dois atuando juntos. São dois jogadores técnicos, com nível de Série A”, afirmou o dirigente.

A preocupação de Adson está na classificação. O Atlético Goianiense ocupa a última colocação do Brasileirão, com apenas 19 pontos, contra 27 do Coritiba, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O fato de não conseguir engatar vitórias consecutivas faz com que fique longe de sair da lanterna.

No sábado, o Atlético vai até Campinas para enfrentar a Ponte Preta. O jogo será às 21h, no Moisés Lucarelli, pela 24ª rodada.

aaa