Líder da Série A3 Paulista, Atibaia vira fábrica de revelar jogadores

Não é de hoje que outros grandes clubes do futebol nacional bebem da fonte de Atibaia

por Agência Futebol Interior

Atibaia, SP, 08 (AFI) - O Atibaia é o grande destaque da Série A3 do Campeonato Paulista. Líder após sete rodadas, o Falcão luta pelo acesso à Série A2. Em meio a tudo isso, o clube do interior ainda se transformou em uma verdadeira fábrica de revelar jogadores. A gestão do presidente Alexandre Barbosa tem especializado nisso e não é de hoje que outros grandes clubes do futebol nacional bebem da fonte de Atibaia.

Um dos casos recentes é do atacante Robinho (Foto: Lucas Merçon / FFC), emprestado ao Figueirense em 2017. Ele foi destaque do clube catarinense durante a Série B do Brasileirão ao anotar sete gols. Tanto é verdade que chamou a atenção do Fluminense e, hoje, veste a camisa Tricolor. O Flu adquiriu 55% do direitos do atleta. O volante Richard, de 23 anos, também está nas Laranjeiras por empréstimo. Outros atletas da base do Atibaia também treinam no Rio de Janeiro. Em sua primeira gestão no Atibaia, Alexandre Barbosa emprestou o atacante Iago ao Coritiba em 2016. O Coxa ainda garantiu 50% dos dos direitos do atleta.

"Temos realizado um trabalho sério na base e isso tem dado frutos ao clube, mas não é apenas vender o atleta e achar que está tudo certo. Além da negociação, eu tenho contato direto com esses garotos, afinal, criamos esse laço de amizade. A diferença no Atibaia hoje que eu trato o jogador de forma individual. Cada um tem seu problema e precisamos cuidar deles de forma individual", disse o presidente.

Crias do Falcão!

O Figueirense, que já havia tido Robinho, também emprestou do Atibaia o atacante Ronaldo, de 19 anos. O garoto sequer disputou a Copa São Paulo pelo Atibaia e já chegou ao profissional do time catarinense. Ele tem entrado nos jogos do Estadual de Santa Catarina e briga pela titularidade. O Figueira ainda recebeu o meia Felipe Valdívia, de apenas 17 anos. Ele vinha se destacado no Sub-17, mas sofreu uma lesão no joelho e está em recuperação.

Outro que bebe da fonte do Atibaia é o Paraná, destino do zagueiro Márcio, de 23 anos. O Tricolor recebeu o xerifão por empréstimo, mas tem opção de compra. Márcio estreou na última rodada do Estadual Paranaense e tem contrato até término do Brasileiro da Série A.

"O Márcio recebeu algumas sondagens de times grandes, mas acabou não dando certo. Sei que no Paraná ele irá realizar uma ótima temporada e será muito importante para o grupo na disputa do Estadual e do Brasileiro", explicou Alexandre Barbosa.

Em São Paulo, o clube emprestou atacante Vitinho ao Red Bull para disputa da Copa São Paulo. O jogador acabou se destacando e foi vendido para o clube de Campinas.