Atacante campeão da Libertadores se aposenta aos 31 anos por dores

Rodrigo Mora estava no River Plate e tomou a decisão devido a uma lesão no quadril

por Agência Estado

São Paulo, SP, 07 - Rodrigo Mora, atacante do River Plate, anunciou sua aposentadoria do futebol devido às dores constantes causadas por uma lesão no quadril. O uruguaio de 31 anos informou a sua decisão provocada pelo problema físico que o levou a passar por cirurgia em 2017 e que o forçou a passar por um processo de recuperação difícil, até voltar aos gramados no início de 2018.

"Vivo um dos dias mais tristes da minha vida. O sofrimento e a dor são constantes e eu não posso mais. Eu desisti do que tinha e hoje tenho que enfrentar a realidade. Eu não posso mais jogar futebol", disse Mora em uma declaração divulgada pelas redes sociais e que geraram apoio imediato do clube e de seus companheiros de equipe campeã da última edição da Copa Libertadores.

O uruguaio Rodrigo Mora sentia constantes dores por conta de uma lesão no quadril
O uruguaio Rodrigo Mora sentia constantes dores por conta de uma lesão no quadril
Mora anunciou sua decisão pouco depois de saber que não iria viajar para a pré-temporada do River Plate no Uruguai devido ao reaparecimento das dores no quadril.

"Ele veio do Uruguai em 2012 e, por gols, sacrifício, compromisso e títulos, entrou no coração de todos os torcedores do River. Obrigado por tudo e até sempre!", disse o River Plate em sua conta no Twitter.

"Obrigado a você por me ensinar a lutar contra tudo, você é um grande e a vida vai te dar uma revanche. Abraço, grande amigo", afirmou o atacante Pity Martínez.

A CARREIRA
Depois de chegar ao River em 2012, Mora esteve emprestado para a Universidad de Chile no primeiro semestre de 2014. Ele marcou 41 gols no clube argentino e conquistou nove títulos, incluindo duas Copa Libertadores.

Depois de ser operado em junho de 2017, devido a uma necrose asséptica no cabeça do fêmur, o atacante fez seu retorno ao futebol em 28 de janeiro de 2018, em um jogo com o Huracán pelo Campeonato Argentino.

Depois de alguns meses de bom desempenho, Mora não conseguiu se livrar do dores que o afligiam. Devido ao seu problema físico, o ex-jogador do Peñarol não disputou as duas finais contra o Boca Juniors pela última Copa Libertadores e não fez parte do elenco no Mundial de Clubes.

 
 
" />