Segundona: América supera crise política, se reestrutura e sonha com acesso

A disputa da segunda fase começa sábado, às 15 horas, no Teixeirão, diante do novato Talentos 10

por Agência Futebol Interior

São José do Rio Preto, SP, 12 (AFI) - Outrora um dos grandes clubes do Interior de São Paulo, o América briga na última divisão - o Paulista da Segunda Divisão - para voltar aos melhores dias. A disputa da segunda fase começa sábado, às 15 horas, no Teixeirão, diante do novato Talentos 10, de Marília. Mas o Mecão viveu anos de brigas políticas, passou por uma reformulação e agora sonha com o acesso para a Série A3.

CLUBE REORGANIZADO
Luiz Donizete Prieto, o Italiano, reassumiu a presidência do América semanas atrás. Ele havia sido afastado por ordem de um Juiz da Comarca de Rio Preto. Zé Branco, cujo mandato já estava extinto, foi reconduzido ao cargo e dirigiu o clube por mais algum tempo.

Italiano sonha com América voltando a ganhar troféus
Italiano sonha com América voltando a ganhar troféus
Foi quando um Desembargador de São Paulo determinou que o presidente irregular deixasse o cargo e Italiano, legalmente eleito, reassumisse. Italiano reassumiu sem que o clube tivesse uniforme, bolas e chaves das portas do estádio Teixeirão. O ex-presidente não quis devolvê-las.

VIRADA DE MESA
Com paciência e bom trabalho, Luiz Prieto reorganizou o clube, acabou com a péssima situação do Teixeirão, arrumou novos patrocinadores e deu um novo impulso ao futebol. O resultado foi que o América conseguiu no último final de semana se classificar para a próxima fase do Campeonato Paulista da 2ª Divisão.

"Não foi fácil, mas chegamos a essa nova fase com tudo melhor organizado. Havia falhas no elenco, mas contratamos três bons reforços. O time deve ganhar mais equilíbrio em suas linhas e aumentaremos nossa chance de ir longe neste campeonato.

Objetivo maior agora é voltar à terceira divisão. Não será nada fácil, teremos grandes adversários, mas com a boa comissão técnica e o bom elenco que organizamos, acredito nessa possibilidade. Agora é manter a boa infra estrutura e torcer para que no final dê tudo certo", explicou.

BOA COMISSÃO TÉCNICA
Nas mudanças que fez no clube a partir da sua volta à presidência, Italiano também mexeu na comissão técnica. Contratou o experiente Jorge Saran, que trabalhou até nas fileiras inferiores do

Jorge Saran
Jorge Saran
Corinthians com muito sucesso.

Saran mora em Catanduva e conhece muito o futebol da região. Suas preleções de motivação são notáveis. É um técnico de bom nível e confiável.

A seu lado, como auxiliar técnico está o ainda jovem Douglas Barboza. Ele foi jogador do Guarani, de Campinas. É um especialista em quase tudo que envolve futebol profissional. Sabe trabalhar. É peça muito importante na infra estrutura do clube.

Ao lado dos dois estão Ricardo Rafael, experiente preparador físico e Ronaldo de Souza, massagista.

Especial - Sérgio Carvalho

 
 
" />