Após menos de 24 horas, Zé Branco é afastado novamente da presidência do América

Luiz Donizete Prieto, conhecido por Italiano, assume denovo a presidência do clube. Branco pode ter seu título de sócio caçado

por Oscar Silva -

São José do Rio Preto, SP, 8 (AFI) - O América Futebol Clube se envolveu nos últimos dias em disputas na parte política do clube. Cheio de dívidas e disputando a última divisão do futebol paulista, o Campeonato Paulista da Segundona Sub-23, o Rubro saiu noticiário na imprensa nesta quinta-feira. Os envolvidos na polêmica eram José Carlos Pereira Neto( Zé Branco) e Luiz Donizete Prieto (Italiano).

O primeiro era presidente e foi afastado em outubro de 2016, pelo Conselho Deliberativo por meio de uma ação movida pelo presidente do CD, João Eurídes Rodrigues, que alegava irregularidade na administração de Zé Branco. Já Italiano, era vice-presidente e com afastamento de Zé Branco, ganhou o pleito em novembro de 2017.

Zé Branco
Zé Branco

VOLTOU OU NÃO?
No entanto, na última quarta-feira, o juiz Marcelo de Moraes Sabbag, da 6ª Vara Cível de São José do Rio Preto, emitiu o mandato de constatação para recolocar Branco no cargo.

A permanência de Zé Branco na presidência do América, durou muito pouco e, na manhã desta quinta-feira, foi barrado na entrada do estádio Benedito Teixeira (Teixeirão) e notificado de que foi afastado por dez dias do cargo.

A decisão foi tomada pelo atual presidente do conselho deliberativo, Pedro Benedito Batista, com base nas denúncias contra Zé Branco dos anos de 2016 e em 2017 e apuradas em sindicância.

Batista vai convocar uma reunião do conselho para caçar os direitos de sócio de Zé Branco.

Italiano
Italiano

MANTIDO!
Sendo assim, Italiano, que era vice-presidente e eleito em novembro do ano passado, continua no cargo de presidente.

"O Zé Branco, é presidente judicialmente, mas pelo estatuto do clube quem comando o América na qual foi eleito presidente pelo conselheiro deliberativo, é Italiano", disse Batista, presidente do Conselho Deliberativo.