Atacante do América-MG vê título difícil, mas fala em secar a Chapecoense

Apesar do tropeço, o América se manteve na vice-liderança e igualou os 70 pontos conquistados pelos catarinenses

por Agência Futebol Interior

Aracaju, SE, 23 (AFI) - O América-MG bobeou ao empatar sem gols contra o Confiança, em Aracaju, neste sábado, e poderá ver a Chapecoense abrir três pontos de vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. O atacante Calyson vê título difícil, mas fala em secar a Chapecoense.

LISCA CRITICA PARTE OFENSIVA DO COELHO


"Com certeza. É sempre uma honra estar jogando aqui. Queríamos o resultado positivo que era os três pontos. Sabemos que o título está difícil. Lutamos e vamos continuar lutando. Agora, é secar a Chapecoense para ver o que acontece", disse ele.

Apesar do tropeço, o América se manteve na vice-liderança e igualou os 70 pontos conquistados pelos catarinenses. Além de Chape e América, o Cuiabá também já garantiu o acesso à Série A.

Agora, resta secar. (Foto: João Zebral/América)
Agora, resta secar. (Foto: João Zebral/América)

SATISFEITO!
"O grupo está de parabéns pelo o que apresentou na temporada. Não vi a confusão, o juiz complicou o jogo, não deu um pênalti claro. Discussão é normal, fica dentro de campo. Chega no vestiário e todos são amigos, morre aqui", finalizou Calyson.

A 38ª e última rodada será toda disputada na próxima sexta-feira, às 21h30. O Confiança visitará a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó, enquanto o América-MG receberá o Avaí no Independência, em Belo Horizonte.