Lisca desrespeita protocolo da Covid-19 e abraça torcedores após vaga

Treinador, sem máscara, deixou os vestiários e correu para os braços da torcida

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 19 (AFI) - O técnico Lisca, assim como a torcida do São Paulo antes da classificação diante do Flamengo, desrespeitou todo e qualquer protocolo de saúde da Covid-19. Feliz com a inédita classificação do América-MG sobre o Internacional pela Copa do Brasil, Lisca foi abraçar os torcedores do Coelho.

Em vídeos postados nas redes sociais, o treinador sai correndo dos vestiários de braços abertos, bate, bate no braço e é abraçado pelos torcedores. Nem Lisca e nem a torcida do América estavam de máscara e não respeitaram a distância social.

A atitude irresponsável do treinador poderá jogar contra ele próprio. Afinal, caso pegue Covid-19, Lisca poderá passar para boa parte do elenco do América que ficaria com desfalques e teria dificuldades nas próximas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro.

Doido de tudo, mas competente. (Foto: João Zebral / América)
Doido de tudo, mas competente. (Foto: João Zebral / América)

HISTÓRICO!
"Sabemos que é um momento muito legal para a torcida do América-MG, para o clube, mas estamos com os pés no chão. Já fizemos história ganhando do Corinthians pela primeira vez em São Paulo, ganhando clássico do Cruzeiro no Mineirão, ganhando do Internacional em Porto Alegre depois de 20 anos, passando para as quartas de final, agora para a semifinal.

Porém isso não nos dá nada, não deixa a gente nenhum pouco soberbo. Pelo contrário, nos dá mais força, vibração e energia para nosso time trabalhar cada vez mais", afirmou o treinador.