Frustrado, presidente do América-MG elogia campanha de recuperação na Série B

O técnico Felipe Conceição assumiu o clube na lanterna e por muito pouco não conquistou o acesso

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 02 (AFI) - Ninguém no América-MG conseguiu esconder a frustração em não ter conquistado o acesso à elite do Brasileirão no último sábado ao perder para o já rebaixado São Bento, por 2 a 1, diante de um Independência lotado.

O presidente Marcus Salum admitiu o sentimento de frustração pelo tropeço, mas procurou valorizar a campanha de recuperação do América-MG na Série B depois que Felipe Conceição assumiu o lugar de Maurício Barbieri.

O presidente Marcus Salum (à esquerda) elogiou o trabalho de Felipe Conceição (Foto: Mourão Panda/América-MG)
O presidente Marcus Salum (à esquerda) elogiou o trabalho de Felipe Conceição (Foto: Mourão Panda/América-MG)
"É uma frustração muito grande para cada americano que está aqui, para nós que dirigimos, mas temos que colocar a realidade na frente. Esse grupo, essa comissão técnica, o nosso treinador, estão de parabéns por tudo que fizeram nessa virada do campeonato", comentou o mandatário.

Por conta do desempenho - 16 vitórias, oito empates e apenas cinco derrotas -, a diretoria não quis perder tempo e renovou o contrato com Felipe Conceição para a próxima temporada. A reformulação no elenco deve acontecer a partir desta semana.

O América-MG terminou a Série B do Brasileiro na quinta colocação, com 61 pontos, um a menos que o Atlético-GO, que ficou com a última vaga do G4.