Time do Brasileirão demite treinador após derrota para o rebaixado Paraná

Adilson Batista vinha sendo bastante criticado pela torcida e deixa o Coelho na zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 10 (AFI) - O vexame protagonizado pelo América-MG na tarde deste sábado custou o cargo de Adilson Batista. A diretoria anunciou a demissão do treinador logo depois da derrota para o já rebaixado Paraná, por 1 a 0, em plena Arena Independência, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A torcida já vinha pedindo a saída de Adilson Batista devido a sequência negativa. Com a derrota neste sábado, o Coelho chegou ao décimo jogo sem vitória e se complicou na luta contra o rebaixamento. O América-MG está na 18ª colocação, com 34 pontos, mas pode ser ultrapassado pela Chapecoense no complemento da rodada.

O técnico Adilson Batista foi demitido pelo América-MG neste sábado (Foto: Mourão Panda/América)
O técnico Adilson Batista foi demitido pelo América-MG neste sábado (Foto: Mourão Panda/América)
"Adilson Batista não é mais o técnico do América. O Clube agradece ao treinador pelos serviços prestados e deseja sucesso no prosseguimento de sua carreira", postou o América-MG em seu twitter.

Contratado para o lugar de Ricardo Dubscky logo depois da pausa para a Copa do Mundo, Adilson Batista teve quatro vitórias, oito empates e sete derrotas. Além do treinador, o auxiliar técnico Cyro Leães também foi dispensado.

A diretoria do América-MG ainda não se pronunciou se vai em busca de um novo treinador para a reta final do Brasileirão. Faltam apenas mais cinco rodadas.

 
 
" />