América-MG aproveita semana de treino e trabalha 'velocidade ofensiva'

Sem vencer há quatro jogos o clube despencou na classificação

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 03 (AFI) – O América-MG fez um treino intenso nesta quarta-feira. No período da manhã, os atletas trabalharam no CT Lanna Drumond e deram mais um passo na preparação para o compromisso pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. No sábado, às 16h, o elenco enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba. Sem vencer há quatro jogos o clube despencou na classificação.

Nesta quarta, o plantel dedicou-se novamente ao estudo do adversário e de questões táticas do modelo de jogo da equipe. Após a primeira parte do trabalho, no auditório do CT, os jogadores desceram para o campo e fizeram exercícios de mobilidade e ativação sob a coordenação dos preparadores Gerson Rocha e Marques Fernando.

“Certamente será um jogo duro, pois tenho acompanhado e visto eles crescendo muito desde a chegada do Tiago. Estão fazendo bons jogos, estão mais intensos, com um jogo mais rápido em função do próprio gramado. Temos de ter cuidado com esta aceleração e precisamos caprichar, principalmente, nos passes. A bola parada deles é muito forte, portanto é necessário ter total atenção. É nesse sentido que estamos trabalhando”, avaliou Adilson Batista.

Os goleiros fizeram um trabalho intensivo com o preparador Silvio Jardim e treinaram bastante o dinamismo e posicionamento em finalizações de curta distância.

América se prepara para encarar o Atlético-PR em Curitiba (Foto: Mourão Panda / América)
América se prepara para encarar o Atlético-PR em Curitiba (Foto: Mourão Panda / América)

No trabalho tático, o técnico Adilson Batista deu foco à efetividade e velocidade na construção ofensiva. O comandante aplicou algumas das estratégias estudadas para superar os pontos fortes do adversário. Os atletas também treinaram os passes em curto espaço e aprimoraram o posicionamento e a eficiência em lances de bola parada.

No departamento médico, o lateral Norberto, com um edema na região medial do joelho direito, fez tratamento. O zagueiro Lima e o lateral Giovanni seguem cumprindo a etapa de transição física.

“Não é que me sinto confortável (com mudanças no time). Faz parte da profissão lidar com isso, tentar criar alternativas dentro daquilo que conheço do dia a dia. Porém, o ideal seria manter um padrão de organização e escalação. São as situações que temos vivenciado”, finalizou Adilson Batista.

O Coelho volta a treinar nesta quinta-feira, às 9h30, no CT Lanna Drumond. Será a última atividade antes da viagem a Curitiba, local do duelo contra o Atlético-PR.

 
 
" />