Adilson Batista lamenta desfalques e pede América-MG focado no Botafogo

O Coelho faz um duelo contra o rebaixamento neste domingo, no Nilton Santos

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 12 (AFI) - Vivendo uma boa fase no Campeonato Brasileiro, o América Mineiro se prepara para o jogo contra o Botafogo no próximo domingo, no Nilton Santos. O duelo é tratado com muita seriedade, pois é uma briga contra o rebaixamento. O técnico Adilson Batista, em coletiva de impresa, falou sobre o que esperar do adversário e lamentou os muitos desfalques.

Confira os principais pontos da coletiva de Adilson Batista:

Treino desta quarta-feira
Treino em um horário parecido e dentro das condições que podemos encontrar no Engenhão. Um calor muito forte. Precisamos nos adaptar as dificuldades de um calor intenso. Acho que foi importante o trabalho de hoje.

Treino de saída de bola
É um processo de construção. É algo que sempre priorizo e valorizo. Acho que melhora muito esta questão do toque de bola, sair com ela trabalhada, de rodar e ter paciência. Então, sempre exercitamos isto. É um trabalho que sempre gostei. Gosto de valorizar a bola, ter a posse com intensidade, uma troca de passe mais rápida e invertendo mais rápido. Isso é uma coisa que venho pedindo nos treinamentos para que eles façam. Tem surtido efeito.

Time terá mais três treinos antes do próximo compromisso pela Série A  - Mourão Panda / América
Time terá mais três treinos antes do próximo compromisso pela Série A
Diferentes formações
Desde que cheguei, alguns jogadores tiveram lesões e suspensões. Às vezes, também depende do adversário, porque muda um pouco a característica. Alguns jogos podemos jogar sem determinado estilo de jogador e mudar o estilo de jogo. Tivemos algumas perdas, mas não sou de ficar lamentando. Mas isso é ruim para o coletivo. Para o andamento do processo, o ideal seria todos estarem 100%, todos à disposição para mantermos uma base. Agora, temos nove semanas cheias para trabalhar.

Volta dos jogadores do DM
É importante estes jogadores voltarem. Mas acabamos de perder o Giovanni, o Magrão, o João no último jogo. Isso faz parte do processo. Temos que ir inserindo todos dentro daquilo que penso. Tenho de incluir todos para terem a mecânica e saibam o que precisa ser feito no momento que forem solicitados e manter um padrão. Isso é o que acho importante.

Jogo contra o Botafogo
Um jogo duro e difícil. Temos de estar atentos e preparados para as dificuldades que vamos enfrentar.

 
 
" />