​Meias do América-MG tratam último jogo antes da Copa como crucial

Gerson Magrão e Com Giovanni suspenso, Gerson Magrão se disponibilizou para atuar como lateral esquerdo; Serginho vê jogo como final

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 12 (AFI) – Na véspera do confronto contra a Chapecoense, o último antes da pausa do Brasileirão para a Copa do Mundo, os meias Gerson Magrão e Serginho, do América-MG, comentaram sobre o duelo e destacaram a importância da partida, considerada confronto diretor para o clube. América e Chape se enfrentam às 16h desta quarta, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

“Realmente é um confronto direto, mas o campeonato não termina agora. Acontecerão muitos jogos ainda, mas, sem dúvida, é muito importante vencermos dentro de casa. Respeitaremos a Chapecoense, mas buscando impor o nosso ritmo de jogo a todo momento”, afirmou Gerson Magrão, que também comentou sobre a possibilidade de ser utilizado como lateral esquerdo.

Com Giovanni suspenso, Gerson Magrão se disponibilizou para atuar como lateral esquerdo
Com Giovanni suspenso, Gerson Magrão se disponibilizou para atuar como lateral esquerdo
“Estou preparado. Tanto o Giovanni quanto o Carlinhos estarão impossibilitados de jogar, então, caso o Enderson opte dessa forma, estou pronto. Em alguns treinamentos, quando necessário, trabalho como lateral. Já fiz muitos jogos nessa posição, então não há nenhuma dificuldade para exercer. É claro que essa função requer uma atenção ainda maior na parte defensiva, nas linhas e na saída de bola. Mas é tranquilo e darei meu melhor para cumprir bem o papel”, completou.

Já Serginho tratou o jogo como crucial e afirmou que o América precisa se impor em campo. “Precisamos vencer. Estamos encarando como uma final antes dessa parada para a Copa do Mundo. Temos pensado assim em todos os jogos, então desta vez não é diferente. É um jogo dentro de casa, então precisamos nos impor e fazer o resultado. Acredito que terminar essa etapa com 16 pontos estaria de bom tamanho. É um confronto direto pela situação da tabela, então temos que entrar e simplesmente dar o nosso melhor para conseguir o resultado positivo”, disse.

 
 
" />