Alemão: Encenação da queda do Muro de Berlim marca jogo do Hertha

Antes da partida, o time dividiu o gramado com um muro com os dizeres: 'Juntos contra muros, juntos por Berlim'

por Agência Estado

Campinas, SP, 10 (AFI) - Neste dia 9 de novembro, completam-se 30 anos da queda do Muro de Berlim, e o principal time da capital alemã não deixou de comemorar a data. O Hertha, que jogou em casa contra o RB Leipzig pela primeira divisão do país, colocou um "muro" no centro do gramado antes da partida.

Montado com materiais leves, a "construção" dividiu as equipes na entrada em campo. O muro trazia a mensagem "juntos contra muros, juntos por Berlim', em alemão. Depois, foi derrubado pelos voluntários, que retiraram as placas de campo. Os torcedores também fizeram um mosaico na arquibancada do Portão de Brandemburgo, um dos símbolos da capital alemã.

O muro de Berlim dividiu o lado oeste da cidade, capitalista, do leste, socialista, entre 1961 e 1989. A construção foi realizada pelos dirigentes do lado socialista, que queriam evitar a fuga de seus cidadãos para o lado capitalista. Muitas famílias foram divididas e contam-se 140 mortos em tentativas de passar para Berlim ocidental após o muro ser erguido.

Em 1989, após ministros da Alemanha Oriental anunciarem que não haveriam mais restrições de viagens à parte ocidental do país, cidadãos entenderam errado a mensagem e passaram a derrubar o muro, com grande festa dos dois lados. Na partida, o Hertha acabou levando a pior contra o RB Leipzig, que venceu por 4 a 2.