ALEMÃO: Mönchengladbach goleia o Augsburg por 5 a 1 e assume a ponta

A vitória deixa a equipe com um ponto a mais do que o Wolfsburg e dois a mais do que favoritos como Bayern e RB Leipzig

por Agência Estado

Campinas, SP, 06 (AFI) - O Borussia Mönchengladbach aproveitou os tropeços dos rivais no Campeonato Alemão e assumiu a liderança do torneio ao fim da sétima rodada. O time goleou o Augsburg por 5 a 1 neste domingo, em casa, e deixou os adversários para trás.

O triunfo fez a equipe passar a contabilizar 16 pontos, um a mais que o vice-líder Wolfsburg e dois a mais que cinco times que somam 14: Bayern de Munique, RB Leipzig, Freiburg, Schalke 04 e Bayer Leverkusen, nesta ordem. Já o Augsburg ocupa a 14ª posição da tabela, com cinco pontos.

O jogo deste domingo foi agitado, como sugere o placar. Em 13 minutos, os donos da casa já tinham a vantagem de 3 a 0 no placar. O primeiro gol veio logo aos dois minutos, com o volante suíço Denis Zakaria. Nos minutos seguintes, foi a vez de o meia Patrick Herrmann brilhar. O alemão marcou dois gols: o primeiro aos oito e o segundo aos 13, dando a tônica da goleada no Borussia-Park.

A primeira etapa ainda reservaria outro momento de glória para os 50.352 torcedores presentes. Pouco antes do intervalo, aos 39, o meia francês Alassane Plea anotou o quarto.

Após o intervalo, o Mönchengladbach "tirou o pé" e quem aproveitou para fazer o gol de honra do Augsburg foi o atacante alemão Florian Niederlechner, aos 35 minutos da etapa complementar. A reação dos visitantes, porém, parou por aí.

Os donos da casa, aliás, responderam rapidamente. Três minutos depois do gol do Augsburg, veio o tento que fechou o placar do confronto: o ponta suíço Breel Embolo deixou sua marca e sacramentou o triunfo do Gladbach.

Em outro jogo deste domingo pela sétima rodada do Campeonato Alemão, o Wolfsburg recebeu o Union Berlin e venceu por 1 a 0. O autor do gol foi o centroavante holandês Wout Weghorst, que levou a equipe da casa à segunda posição da tabela. Já o Union Berlin segue na zona de rebaixamento, em 16º, com apenas quatro pontos.

O Eintracht Frankfurt também foi a campo no dia, mas frustrou os planos dos torcedores em sua casa ao ficar no empate por 2 a 2 com Werder Bremen. Os visitantes, aliás, saíram na frente, com o meia holandês Davy Klaassen.

Depois, veio a virada: primeiro com o volante alemão Sebastian Rode e depois com o centroavante português André Silva. Entretanto, o ponta kosovar Milot Rashica converteu penalidade máxima e sacramentou a igualdade no placar no finalzinho do jogo.