Graças ao Red Bull, Água Santa conquista acesso para elite do Paulistão. Entenda!

Como o mesmo grupo econômico não pode ter dois times na mesma divisão, Red Bull ou Bragantino serão rebaixados e o Netuno volta à elite

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) – A resolução publicada pela Federação Paulista de Futebol em seu site oficial na quarta-feira esclareceu o que vai ocorrer com Bragantino e Red Bull, já que ambos disputam o estadual e são geridos pela mesma empresa.

As duas equipes administradas pelo mesmo grupo econômico não podem disputar a mesma divisão e, por isso, um deles terá de disputar a Série A2. Quem tem muito a comemorar com isso é o Água Santa, que será promovido à primeira divisão, já que terminou em terceiro na última Série A2.

Quantos aos times rebaixados esse ano, nada muda. São Caetano e São Bento disputam normalmente a Série A2 em 2020. Nas demais divisões também não há alteração. A única mudança é o acesso do Água Santa e o descenso de uma das duas equipes geridas pelo Red Bull, que ainda não se pronunciou oficialmente e terá de escolher qual dos dois times prefere que permaneça na elite.

PALMEIRAS VIVE SITUAÇÃO PARECIDA
O mesmo caso ocorreu com o Palmeiras, que já disputou as divisões inferiores com o Palmeiras B. Em 2006, o Palmeiras B chegou à Série A2 e, mesmo que terminasse entre os primeiros, não poderia subir, já que o time principal já estava na elite do Campeonato Paulista.

ENTENDA MAIS SOBRE A RESOLUÇÃO DA FPF AQUI!