Copa Paulista: Contra seu ex-clube, técnico do Água Santa promete jogo de muitos gols

Apesar de projetar um jogo difícil, por conta do fator casa, Jorginho não deixa de apostar numa partida equilibrada

por Federação Paulista (FPF)

Diadema, SP, 09 (AFI) - Para o duelo desta quarta-feira contra a Portuguesa, no Canindé, o técnico Jorginho, ex-Lusa e atual comandante do Água Santa, promete que a equipe entrará em campo com uma postura bem ofensiva. A partida, válida pela sétima rodada da Copa Paulista, pode ser a primeira com gols na história do confronto entre os dois clubes, que se enfrentaram apenas uma vez, neste ano.

"Eu só sei jogar para frente. Muitas vezes, eu tomo gol ao colocar minha equipe para frente, mas é o jeito que eu adoto. Talvez eu pague por isso algumas vezes, mas é para isso que a torcida vai ao estádio, para ver jogo ofensivo. Quem assistir pode esperar que saiam muitos gols", afirmou.
Apesar de projetar um jogo difícil, por conta do fator casa, Jorginho não deixa de apostar numa partida equilibrada
Apesar de projetar um jogo difícil, por conta do fator casa, Jorginho não deixa de apostar numa partida equilibrada

Apesar de projetar um jogo difícil, por conta do fator casa, Jorginho não deixa de apostar numa partida equilibrada, e prega 'foco' para o time, que vem de vários jogos seguidos sem descanso, arrancar uma vitória. "Não deu tempo de treinar, porque tivemos uma sequência apertada entre as partidas. Jogar no Canindé é muito difícil, porque eles são fortes lá. Vamos ter um pouco de dificuldade, mas vamos encarar com a maior concentração", disse.

Jorginho foi técnico da Lusa entre 2011 e 2012, e levou a equipe ao título do Campeonato Brasileiro da Série B. Sempre afirmando seu carinho pelo ex-clube, o comandante não sente mais o peso do reencontro. "Já passou essa fase do reencontro. Sai em 2012, a expectativa era grande logo depois, mas passou. A Portuguesa é um time que eu gosto, mas encaro como todos os outros, já fiz vários jogos contra eles", concluiu.