Neto disse que postergou cirurgia na coluna por medo de eventuais sequelas

Apresentador revelou medo da cirurgia e disse que sentia dor nas costas há 15 anos

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 29 (AFI) - Após ter realizado procedimento cirúrgico na coluna no dia seis de abril, o apresentador Neto, da Band, ficou vinte dias afastado longe da TV. O Craque declarou que sentia dores na região há mais de quinze anos e que postergou a cirurgia por medo das sequelas.

O ex-jogador afirma que a lesão na coluna foi causado pelo excesso de trabalho físico durante a carreira.

Neto revelou medo de fazer cirurgia na coluna - Foto: Reprodução / Instagram
Neto revelou medo de fazer cirurgia na coluna - Foto: Reprodução / Instagram

FALA, CRAQUE!

Neto comentou sobre o procedimento e todo o medo que tinha em relação a isso.

"Na verdade, minha cirurgia tem a ver com o trabalho físico que eu fiz o tempo todo que eu joguei bola. Isso arrebentou com minha coluna: as [vértebras] L4 e L5. Foi muito difícil porque eu já sentia essa dor há quinze anos, estava adiando, não queria fazer a cirurgia porque falam que é muito difícil. E eu não sabia o quanto era difícil. Além de ter medo de sequela, tinha medo de mexer na medula, de mexer muito perto. E foi muito difícil", disse Neto em seu canal no YouTube.
NÃO FOI O PRIMEIRO
O apresentador conta que já havia feito um procedimento três vezes para aliviar a dor na coluna, mas isso não adiantava mais para o seu caso.
"Minha dor era insuportável. Faz 20 dias que eu fiz a cirurgia, já não sinto mais as dores que eu sentia antes. Já estou até abaixando. Eu fiz três bloqueamentos, que é uma tentativa de bloquear a dor e tem prazo. A primeira durou quatro anos, a segunda, dois. A terceira durou três dias. Aí, eu tive que operar. Era tanta dor que eu não aguentava viver com essa dor e superou o medo da cirurgia. O tempo que eu fico parado no meu trabalho, foi complicando ainda mais", concluiu Neto.
DE VOLTA
Atualmente, o apresentador já está de volta nos estúdios da Band para apresentar o programa "Os donos da bola" e seu estado de saúde é bom. Ou seja, já está disponível para brigar com todo mundo novamente, especialmente com o time do Corinthians.