Aceisp tenta liberar imprensa na FPF, mas sofre veto da Secretaria de Saúde de Campinas

Federação Paulista não pode desobedecer determinação da Secretaria de Saúde que limitou trabalho da Imprensa

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 16 (AFI) - A Associação dos Cronistas Esportivos do Interior de São Paulo - Aceisp - emitiu comunicado no início da tarde desta segunda-feira, explicando a sua atuação junto à Federação Paulista de Futebol (FPF) na tentativa de ampliar o trabalho dos cronistas esportivos do Interior, especialmente os de Campinas e região, no Dérbi 196.

O duelo entre Guarani e Ponte Preta vai fechar a 10.ª rodada do Campeonato Paulista, a partir das 20 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa e com portões fechados.

Desta forma, apenas os jornalistas da Rede Globo, que tem direitos sobre o evento, farão a cobertura no local. As fotos serão produzidas pelas assessorias dos clubes e repassadas para a Imprensa.

Secretaria de Saúde vetou presença de torcida e profissionais no Brinco de Ouro
Secretaria de Saúde vetou presença de torcida e profissionais no Brinco de Ouro

* ACEISP - POSICIONAMENTO SOBRE IMPRENSA NO DÉRBI *

Tendo em vista a determinação da FPF de que apenas os cronistas de veículos de comunicação que compraram os direitos de transmissão poderão ter acesso hoje ao Brinco de Ouro, a direção da Aceisp entrou em contato com a Federação para rever esse posicionamento.

Os argumentos são que de a determinação expressa é da SECRETARIA DE SAÚDE DE CAMPINAS e que não pode rever a determinação, a menos que a própria secretaria municipal mudasse o entendimento dela, o que não aconteceu.

Ou seja, a determinação para que a imprensa não vá ao Dérbi é da Secretaria de Saúde de Campinas, tendo a FPF apenas cumprido a ordem recebida.

INICIALMENTE foi pensada na possibilidade de ingresso em Juízo com pedido LIMINAR para que toda a imprensa trabalhasse, mas foi feito uma abordagem preliminar e não iríamos obter êxito pois nenhum Juiz iria contrariar uma ordem médica, até porque até mesmo as audiências judiciais estão suspensas e seria incoerente o Judiciário dar uma decisão que contraria até mesmo a prática de seus atos.

Sendo assim somente podemos lamentar esse excesso da SECRETARIA DE SAÚDE DE CAMPINAS em não reconhecer a importância da presença da imprensa no dérbi de hoje em Campinas, tendo orientado a FPF a elaborar ter determinação, prejudicando os cronistas esportivos que iriam atuar nessa partida.

ACEISP
Associação dos Cronistas Esportivos do
Interior do Estado de São Paulo