Morre Aderson Maia, ex-presidente e dirigente que mais tempo ficou no comando da Abrace

Vítima de um câncer, ele faleceu na manhã desta segunda-feira, em Fortaleza-CE, deixando uma lacuna na crônica cearense

por Agência Futebol Interior

Brasília, DF, 11/02 – A classe de cronistas esportivos de todo o Brasil está de luto. Faleceu nesta manhã de segunda-feira, 11, no Ceará, o ex-presidente da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace), Aderson Maia, aos 82 anos, vitima de um câncer. Aderson foi o fundador da Associação Profissional dos Cronistas desportivos do Estado do Ceará (APCDEC) e presidente da própria Abrace por 16 anos, o comandante que mais tempo ficou à frente da entidade nacional de cronistas esportivos. Por isso foi nomeado presidente de honra das duas entidades .

Aderson maia travou grandes batalhas em prol do cronista esportivo brasileiro e desde que teve o conhecimento da criação da Associação de cronistas Esportivos do Interior do Estado de São Paulo (Aceisp), reconheceu a entidade como a principal do Estado e uma das mais do Brasil. Além de lutar pela classe, era comentarista esportivo, Aderson foi professor , advogado e Juiz do Trabalho aposentado, onde sempre foi elogiado por todos que o conheceram na profissão.

Jaércio Barbosa, Artur Eugênio, Aderson Maia e Sérgio Carvalho durante congresso da Abrace em Brasília (DF) em 2018 - Divulgação
Jaércio Barbosa, Artur Eugênio, Aderson Maia e Sérgio Carvalho durante congresso da Abrace em Brasília (DF) em 2018
Recentemente Aderson recebeu a visita do presidente da APCDEC, Alano Maia, e do presidente da Abrace, Kleiber Beltrão, ainda acamado em um leito hospitalar quando se recuperava de uma cirurgia para tratamento de diabetes. Na ocasião recebeu dos presidentes das duas entidades, sua credencial de cronista esportivo da temporada 2019, a última de sua vida. Amigo do atual presidente da Aceisp, Sérgio Carvalho, e do Secretário geral da entidade paulista, Jaércio Barbosa, que deixou uma mensagem para os familiares do presidente mais longevo da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos.

“Tive a oportunidade conviver com o Aderson durante muitos porque como presidente da Associação Brasiliense de Cronistas Esportivos (ABCD), e como Diretor de Patrimônio da Abrace, a gente sabe que a Abrace tem a sede em Brasília e como tal eu pertencia a equipe de Aderson Maia. O seu dinamismo, sua responsabilidade, sua maneira de trabalho, e acima de tudo o seu companheirismo, fez com que a abrace crescesse. Tivemos a oportunidade de apresentar o Aderson aos nossos diretores da Aceisp e eles sentiram a responsabilidade que tinha este homem com nossa instituição. Aos familiares do Aderson os nossos sentimentos e a certeza de que ele deixou um legado muito importante para que a gente possa seguir daqui para frente, caminhando para o sucesso cada vez maior da crônica esportiva em todo o País. Siga em paz meu querido Aderson Maia”, falou o Secretário Geral da Aceisp, Jaércio Barbosa.

 
 
" />