Em entrevista exclusiva, Kátia Bagnarelli fala sobre lançamento de "Sócrates Eterno"

O livro será lançado em um coquetel na Livraria da Vila, na Alameda Lorena, número 1.731, em São Paulo, à partir das 18h30

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 19 (AFI) - Enfim após muita espera e ansiedade, o livro "Sócrates Eterno" será lançado por sua autora Kátia Bagnarelli - viúva do ex-jogador - e pela BB Editora no dia 19 de fevereiro, em um coquetel na Livraria da Vila, na Alameda Lorena, número 1.731, em São Paulo, à partir das 18h30. Em pré-venda desde novembro no ano passado, o mês de fevereiro foi escolhido para o lançamento da biografia completa e original por conta do aniversário do ídolo corintiano.

Dr. Sócrates como também era conhecido por conta de sua formação acadêmica em medicina, faleceu em 2011, aos 57 anos, por complicações após uma infecção intestinal e antes de morrer ajudou a sua mulher a escrever grande parte do livro, com todas as histórias em primeira pessoal para os leitores. Até por conta disso ele também pode ser considerado uma autobiografia. Em entrevista exclusiva ao Portal Futebol Interior, Kátia comentou sobre toda essa trajetória em que passaram juntos e um pouco sobre o livro.

Em entrevista exclusiva, Kátia Bagnarelli fala sobre lançamento de
Em entrevista exclusiva, Kátia Bagnarelli fala sobre lançamento de "Sócrates Eterno"

"Durante todo esse percurso de narrativa, Sócrates conversa com os leitores e comigo em primeira pessoa, contando tudo sobre a sua história de vida pessoal, familiar e também a história profissional. Desde quando ele tem as primeiras memórias quando criança até o último momento de vida, no leito da UTI. Entre as principais histórias, doutor fala pela primeira vez sobre o álcool e os todos os bastidores da Seleção Brasileira de 1982, mostrando o real motivo daquela eliminação na Copa do Mundo", conta.

Além disso, o livro também aborta toda a trajetória do ídolo no Corinthians, desde o inicio da democracia corintiana até o momento de deixar o clube. Na autobiografia, Sócrates também fez citações a grandes jogadores, músicos, políticos e personalidades, como Ronaldo, Cruyff, Toquinho, Zenon, Casagrande, Maestro Antonio Carlos Martins, entre outros. Todos inclusive fizeram questão de dar seu depoimento sobre o jogador e ídolo, sendo que tudo isso pode ser encontrado no livro.