Técnico brasileiro foca em classificação da seleção da Guiana para Copa do Mundo

'Estamos trabalhando forte para que no jogo diante do Trinidad Tobago possamos realizar uma grande partida'

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - A seleção da Guiana continua seus treinamentos visando as Eliminatórias da Concacaf que serão realizadas nos Estados Unidos em março, equivalente a Copa América. A seleção está no Grupo F junto com Trinidad e Tobago, Bahamas, Porto Rico e Saint Kitts & Nevis.

O comandante da Seleção da Guiana é o brasileiro Márcio Máximo que completou dois anos no comando do Golden Jaguars e vem se preparando para Eliminatórias da Copa do Mundo. Vai enfrentar no dia 25 de março a seleção de Trinidad Tobago que tem vários atletas que atuam na Europa.

"Classificamos em um grupo complicado para Copa Ouro, mas estamos trabalhando forte para que no jogo diante do Trinidad Tobago possamos realizar uma grande partida. Sabemos que nosso adversário é composto por vários atletas que atuam na Europa, mas também temos uma equipe qualificada", disse o treinador.

CALENDÁRIO

Depois do Trinidad e Tobago, em 25 de março, o Golden Jaguars enfrentará o Bahamas em 29 de março. O time nacional está atualmente treinando cinco dias por semana no Centro Nacional de Treinamento da Federação Guiana de Futebol, Providence.

Apenas o vencedor do Grupo F passará para a segunda das três rodadas de qualificação para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. Máximo disse que ficou impressionado com o nível de comprometimento demonstrado pelo time, já que os jogadores trabalham duro para recuperar a forma e garantir uma vaga no time final, após uma longa paralisação devido à pandemia do COVID-19.

“Se você treina forte, com intensidade, com disciplina tática e técnica, e com esforço físico todos os dias, isso se reflete durante a partida”, disse Márcio Máximo, ex-técnico do Brasil Sub-20 e Sub-17.

QUEM É ELE?

Para compreender a trajetória do técnico Márcio Máximo, é importante observar a evolução de sua carreira e as inúmeras conquistas alcançadas. Em sua trajetória profissional, além de ter trabalhado em cinco seleções e diversos clubes, Máximo também conquistou importantes classificações, como Copa da Ásia, Copa da África e, recentemente, Copa Ouro.

Além disso, sua carreira inclui experiências de trabalho em quatro dos cinco continentes, sendo o primeiro brasileiro a ocupar o cargo de Técnico Principal do Reino Unido na Premier League escocesa.

Máximo também está subindo em todos os rankings da FIFA (média de 60 posições). Seu perfil é de um treinador transformador, valorizando os jogadores de base. Ele promoveu vários jogadores de base juvenil para o time principal, muitos deles tiveram sucesso em suas carreiras ao redor do mundo .

Só para citar alguns: Snodgrass, West Ham, Samatta, Aston Villa, Ronaldo Fenômeno, que foi seu jogador no início da carreira (Sub-17), entre outros. Observei sua disciplina tática além da intensidade de seu trabalho, prestando atenção aos detalhes técnicos.