Após visita ao São Paulo, Luís dos Reis fica próximo de acerto com clube goiano para 2020

Treinador deve fazer parte do grupo de profissionais da primeira divisão do estado

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - Com poucos dias ainda de temporada, muitos clubes ainda não definiram os treinadores de olho em 2020.

Focado neste mercado, Luís dos Reis analisa algumas propostas e seu destino pode ser com um clube da primeira divisão do futebol goiano.

Recentemente, o nome do treinador foi cotado no Marília, pelo qual fez história com dois acessos e alcançou à elite do Campeonato Paulista.

"É um momento em que muitos times ainda não se definiram. Tenho conversado com alguns dirigentes. Realmente existe essa possibilidade de acertar com um clube de Goiás, mas ainda estamos dialogando. Espero pode anunciar o destino o mais breve possível", declarou.

O profissional soma passagens por vários clubes em São Paulo e no Brasil, além de disputar torneios importantes, como Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Paulistão duas vezes.

Luís dos Reis em visita ao São Paulo
Luís dos Reis em visita ao São Paulo

NA CAPITAL

Recentemente, Luís recentemente esteve no CT do São Paulo em visita a dirigentes e ao técnico Fernando Diniz.

"São amigos feitos no futebol. Quando há esse tempo, a gente sempre procurar fazer uma visita aos colegas. Foi muito bom estar compartilhando ideias com esses profissionais que trabalham em um dos maiores clubes do futebol brasileiro e mundial", pontuou.

ESTUDOS

Por espaço no mercado nacional, Reis tem se mantido atualizado. Prova disso é que vai realizar a Licença A do Curso da CBF Academy - na longa carreira à beira do gramado, são mais de 20 anos de profissão.

VITORIOSO

Luís dos Reis iniciou carreira nas categorias de base do Palmeiras, mais exatamente em 1996, clube pelo qual permaneceu por três anos.

No Verdão, alcançou taças internacionais e deu salto para treinar times profissionais. A passagem mais marcante foi no Marília, mas também alcançou acesso pelo Primavera.

À frente do time de Indaiatuba, saiu da Segunda Divisão e foi à Série A3 em 2003. Ele ainda levou a taça da MTN8, na África do Sul, no comando do Golden Arrows.

SAIBA MAIS

O treinador milita no futebol há duas décadas e tem bastante rodagem, sobretudo, no futebol do interior.

Após iniciar na base do Palmeiras no final da década de 90, ele já passou por Botafogo-SP, Operário-MT, Ventforet Kofu (JAP), Marcílio Dias, Primavera, São José-RS, Camburiense-SC, Guarani-SC, Santacruzense, Portuguesa Santista, Internacional de Limeira, Guarujá, Gonden Arrows (AFS), Palmeiras B, Rio Claro, Velo Clube e Matonense.