Após falta de acerto com clube potiguar, técnico de 12 acessos visa Paulistão

Treinador foi procurado pela diretoria do América-RN, mas as tratativas não evoluíram por falta de acerto financeiro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - As competições nacionais já entraram na reta final. Enquanto as duas primeiras divisões do futebol local dura até o fim do ano, a Série C conhece seu desfecho neste domingo, com a final entre Sampaio Corrêa e Náutico.

Os clubes, por sua vez, intensificam preparação de olho na próxima temporada e começam a se mobilizar em busca de contratações de técnicos e jogadores.

De olho neste mercado, o treinador Paulo Roberto Santos iniciou conversas com dirigentes para comandar alguma equipe em 2020. Há uma semana, inclusive, houve contato com dirigentes do América-RN, mas não houve acerto financeiro e as tratativas não avançaram.

Após falta de acerto com o América-RN, Paulo Roberto Santos visa Paulistão
Após falta de acerto com o América-RN, Paulo Roberto Santos visa Paulistão

EMBALADO

Paulo Roberto Santos vem de ótima sequência de acessos no estado de São Paulo, onde tem bom mercado.

A tendência é que o treinador acerte o futuro da carreira ainda no mês de outubro, já projetando a montagem do elenco para a disputa do Estadual, em janeiro.

"Tenho conversado com alguns dirigentes, os quais têm me procurado para possível contratação visando a temporada seguinte. Ainda, porém, não há nada concreto. Houve conversas com o América-RN, mas não teve evolução. Estou focado, por enquanto, em São Paulo. Provavelmente surja alguma novidade nos próximos dias", revelou.

CARREIRA

Paulo Roberto Santos já teve inúmeras alegrias no futebol. Além do acesso com o São Bento, fez história no Rio Claro.

Em 2001, pegou o Galo Azul na extinta Série B2 do Paulistão - quinta divisão regional - e o levou até a elite estadual. O acesso à Série A1 foi obtido em 2006. Em 2013, voltou ao time rio-clarense e conquistou retorno à elite.

Ele ainda tem títulos e acessos pelos mineiros Pouso Alegre e Minas. O profissional foi bicampeão brasiliense pelo Gama e campeão por Paysandu, Atlético Sorocaba e Arapongas.

A estante de conquistas do treinador, contudo, ainda tem espaço. Já no São Bento, clube no qual marcou época, foram 129 jogos, 53 vitórias e três acessos: Paulista A2 - Paulistão, Série D - Série C e Série C - Série B.

CONFIRA OS 12 ACESSOS DE PAULO ROBERTO SANTOS:

Pouso Alegre: 2ª divisão de MG - 1ª divisão – 1988

Minas Boa Esperança: 2ª divisão de MG - 1ª divisão – 1989

Unaí: 2ª divisão de MG - 1ª divisão - 1993

Rio Claro: 5ª divisão de SP- 4ª divisão - 2001

Rio Claro: 4ª divisão de SP - 3ª divisão - 2002

Rio Claro: 3ª divisão de SP - 2ª divisão - 2005

Rio Claro: 2ª divisão de SP - 1ª divisão - 2006

Rio Claro: classificação à Série C - 2007

Rio Claro: 2ª divisão de SP - 1ª divisão - 2013

São Bento: 2ª divisão de SP - 1ª divisão - 2014

São Bento: Série D - Série C - 2016

São Bento: Série C - Série B - 2017