Demora em projeto na Amazônia faz Edmílson de Jesus analisar outras propostas no mercado

Treinador tem a Copa Paulista, em andamento neste segundo semestre, como opção para a atual temporada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - Edmílson de Jesus já começa a focar na próxima temporada. O treinador, antes com proposta para assumir grande projeto com um clube do Amazonas, não evoluiu, o que faz já analisar outras situações para 2020.

O profissional, todavia, não descarta alguma proposta da Copa Paulista, torneio em andamento neste segundo semestre.

"As conversas estavam bem adiantadas, mas não posso esperar algo que já poderia ter sido resolvido. Então, a partir de agora, o meu objetivo é analisar algumas propostas de olho no próximo ano e, claro, algo relacionado à Copa Paulista, com mudanças constantes", comentou Edmílson.

CARREIRA

Enquanto jogador, Edmilson de Jesus defendeu, por 16 anos, São Caetano, Atlético/GO, São José, Santos, Leixões, Araçatuba e Inter de Limeira.

Demora em projeto na Amazônia faz técnico analisar outras propostas no mercado
Demora em projeto na Amazônia faz técnico analisar outras propostas no mercado

Em 2008, iniciou carreira de treinador, na qual comandou o União Mogi, até passar por Bragantino, Flamengo de Guarulhos, São José, São Carlos FL, América-SP, Santacruzense, Taubaté, Primavera, Mogi Mirim - como assistente técnico na Série B do Campeonato Brasileiro de 2015 - e Água Santa.

Em 2017, assumiu o comando do Atibaia e ainda dirigiu Marília, Juventus, EC São Bernardo, Santa Helena/GO - seu último clube foi o próprio Atibaia, quando livrou a equipe do rebaixamento e brigou até a última rodada pela classificação.

O Falcão, na época, terminou o torneio na nona posição e só não avançou às quartas de final graças à desvantagem no saldo de gols.

Como técnico, Edmilson de Jesus chegou a livrar seis equipes do rebaixamento.