Após fazer história com acesso na Inter de Limeira, João Vallim visa temporada de 2020

Na carreira profissional, treinador ainda alcançou marcas inéditas por Itararé, Velo Clube e Taubaté

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 23 (AFI) - O futebol brasileiro segue carente em termos de longevidade dos treinadores.

Além de Paulo Roberto Santos, longo tempo no comando do São Bento, com vários acessos no currículo, outro nome com bons trabalhos no currículo e sequência importante à frente da área técnica é João Vallim, responsável por colocar a Internacional de Limeira na elite do Campeonato Paulista após longos 14 anos.

O treinador, aliás, já havia realizado trabalho elogiado a longo prazo no Velo Clube. Em Rio Claro, levou o time da Segunda Divisão do Campeonato Paulista à Série A2, com mais de 100 jogos à frente da área técnica, além de dois acessos consecutivos - 2010 e 2011 -, tornando-se o profissional com o maior número de participações pelo Rubro-Verde.

HISTÓRICO

O mais recente trabalho de Vallim foi na Internacional de Limeira, onde fez história ao conquistar acessos na Série A2 e A3, além de vice-campeonato da Copa Paulista, o que garantiu uma vaga na Copa do Brasil, em participação inédita na história do clube.

João Vallim fez história ao levar a Internacional de Limeira à elite estadual após 14 anos
João Vallim fez história ao levar a Internacional de Limeira à elite estadual após 14 anos

Na ocasião, o Leão do Norte alcançou a segunda fase, mas acabou eliminado pela Ponte Preta, em derrota por 1 a 0, em Campinas.

Em solo limeirense, foram 110 partidas e o status de ser o segundo treinador com o maior de atuações - só é superado por Pepe, campeão paulista de 1986.

INEXPLICÁVEL

Após deixar a Internacional de forma estranha, haja vista ter conquistado o vice-campeão regional e o acesso à Série A1, Vallim acertou com o Atibaia - que, talvez, tenha sido o trabalho mais rápido na carreira, com apenas seis compromissos na atual edição da Copa Paulista.

"Não tive tempo para realizar o meu trabalho, mas no futebol, infelizmente, está assim. Eu só tenho de agradecer pelas oportunidades que o futebol tem me dado. Ultimamente, tenho feito trabalho duradouros, com 100 participações. Foi jogos no Velo Clube e na Internacional, onde pude ter acessos e vaga em competição nacional. Agora, estou no mercado já visando a temporada de 2020", pontuou o profissional.

LONGA DATA

O trabalho de João Vallim não vem de pouco tempo. Afinal, de 2002 para cá, o treinador tem conquistado acessos na carreira - oito, no total.

No primeiro trabalho profissional, levou o Itararé ao acesso da extinta Série B3 à B2 do Campeonato Paulista e repetiu a dose em 2006 para a A3.

No Taboão da Serra, outra conquista. Em 2009, colocou o Taubaté na terceira divisão paulista. Além do bom trabalho no Velo, como citado, salvou a Inter de Limeira do rebaixamento em 2016 e atingiu marcas históricas no alvinegro.