Carioca: Eduardo Allax pede que equipe reencontre o caminho das vitórias

O desempenho não chega nem perto daquele realizado na temporada passada

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 12 (AFI) - O Boavista está longe de repetir o bom desempenho da temporada passada. Seis jogos de jejum dentro da competição e uma mudança drástica de discurso. Se antes se falava em chegar nas fases finais, a ordem agora é focar na luta contra o rebaixamento para Seletiva, segundo Eduardo Àllax.

"O objetivo nosso, desde o início, sempre foi a Série D (que começa em maio). A gente ia fazer o campeonato (Carioca) e se criou a expectativa de chegar. O elenco é bom, chegaram contratações e acabou não dando liga. Acabamos tendo muita lesão, muito problema e perdemos muito tempo com esses problemas. Nossa expectativa hoje, nossa briga real, é não ser rebaixado. E ponto final. Só isso", - cravou o técnico.

"Se criou uma expectativa muito grande com duas vitórias e a gente acabou decepcionando nesse primeiro momento. Contra o Bangu (primeiro tropeço), depois veio uma sequência de times grandes e foi tirando um pouco de confiança. A gente precisa de um resultado, de um bom jogo, para voltar a confiança. Futebol é confiança. E a gente está um pouquinho sem confiança para jogar e fazer o necessário, abrir as defesas, é uma fase muito ruim, mas que vai passar", explicou.

Com oito pontos ao todo, o Verdão está cinco à frente do Z-2. A próxima chance de recuperação para o Boavista será no domingo (17). O time de Saquarema receberá o Americano, às 18h, no Estádio Elcyr Resende