Mineiro: URT acerta com ex-treinador de Ponte e Náutico

Sidney Moraes disse conhecer alguns jogadores do elenco e vai iniciar os trabalhos na segunda-feira

por Agência Futebol Interior

Patos de Minas, MG, 12 (AFI) - Faltando exatamente oito dias para o início do Campeonato Mineiro, a diretoria da URT definiu quem será o seu treinador. Neste sábado, o clube acertou os últimos detalhes com Sidney Moraes.

O contrato do treinador com a URT vai até o fim do Campeonato Mineiro e os trabalhos serão iniciados na próxima segunda-feira. Em contato com o Portal Futebol Interior, Sidney Moraes disse conhecer alguns jogadores do elenco e falou sobre as expectativas no comando do Trovão Azul.

"Conheço alguns jogadores que estão lá, como o Cascata (ex-meia de ABC e América-RN) e o Reis (ex-atacante de Ponte e Cruzeiro), mas na segunda-feira vamos iniciar os trabalhos com todo mundo. Nosso primeiro objetivo é manter o time na primeira divisão do mineiro e também avançar de fase na Copa do Brasil", comentou o treinador.

Sidney Moraes vai comandar a URT no Campeonato Mineiro de 2019
Sidney Moraes vai comandar a URT no Campeonato Mineiro de 2019
AS DATAS

A estreia da URT no Campeonato Mineiro será no dia 20 de janeiro, contra o Patrocinense, às 17 horas, fora de casa. No dia 13 de fevereiro, o Trovão Azul recebe o Coritiba, no Zama Maciel, pela primeira fase da Copa do Brasil.

A fórmula do Campeonato Mineiro é a mesma do ano passado. Os 12 times se enfrentam em turno único e os oito melhores se classificam para as quartas de final. Já os dois piores serão rebaixados para o Módulo II (equivalente a Segunda Divisão).

MAIS SOBRE O TREINADOR

Natural de Ituiutaba-MG, Sidney Moraes tem 41 anos e quando era jogador atuava no meio-campo. Revelado na base do São Paulo, ele acumulou passagens por Sport, Fluminense, Guarani, Santo André e Boa Esporte, além de ter tido experiências no futebol português e árabe.

Sidney Moraes pendurou as chuteiras em 2011 e no ano seguinte teve sua primeira oportunidade como treinador no Boa Esporte. Em 2013, chamou a atenção da Ponte Preta ao realizar um bom trabalho no Icasa. A passagem pela Macaca, porém, foi rápida.

Depois, Sidney Moraes comandou Vila Nova, Náutico e Paysandu até retornar ao Boa Esporte em 2017. O treinador chegou na reta final da Série B do Brasileiro e atingiu o objetivo de livrar o time boveta do rebaixamento.

 
 
" />