Bicampeão piauiense pelo Altos, técnico Paulinho Kobayashi analisa propostas

No final do ano passado, foi contratado pelo Imperatriz, do Maranhão, onde permaneceu até fevereiro de 2018

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 11 (AFI) - Um dos técnicos mais vitoriosos do futebol do Nordeste em 2017 e 2018, em que conquistou o bicampeonato piauiense no comando do Altos, Paulinho Kobayashi já está recebendo sondagens para a próxima temporada. Na cidade paulista de Santos, onde reside com a família, o ex-atacante do Santos e Portuguesa de Desportos comentou que seu período de “férias” não deve se prolongar por muito tempo.

“No segundo semestre o mercado fica um pouco mais parado, pois muitos clubes não estão mais em atividade. Mas a partir de setembro e, principalmente, outubro, as equipe iniciam a formação de comissão técnica e elenco para o ano seguinte. Já fui procurado por alguns dirigentes e empresários e acredito que haja um definição sobre meu futuro profissional em breve”, declarou o treinador de 48 anos de idade, que já realizou o curso oficial licença PRO, uma das últimas etapas da formação obrigatória para exercer a profissão.

Bicampeão piauiense pelo Altos, técnico Paulinho Kobayashi analisa propostas
Bicampeão piauiense pelo Altos, técnico Paulinho Kobayashi analisa propostas
TRAJETÓRIA
A trajetória de Paulinho Kobayashi como técnico teve início em 2010 na Portuguesa Santista, após ser auxiliar de Alexandro Gallo, no ano anterior, no Bahia. Na sequência, Kobayashi dirigiu outros clubes paulistas: Francana, Taquaritinga, Jabaquara e Santacruzense, retornando à Briosa em 2013.

Em 2014, Kobayashi comandou o Villa Nova no Campeonato Mineiro e, no segundo semestre, voltou a São Paulo para assumir o São Bernardo. Em 2015, o ex-atacante trabalhou no Penapolense, permanecendo até o início da temporada seguinte.

Em 2016, o treinador dedicou-se ao aprimoramento profissional, participando de dois módulos do curso oficial da Confederação Brasileira de Futebol. No final do ano, foi anunciado pelo São José de Ribamar, do Maranhão. Em março de 2017, Kobayashi acertou sua transferência para o Altos, sendo decisivo na conquista do Campeonato Piauiense, primeiro título da história do clube, e que lhe garantiu também vagas nas copas do Brasil e do Nordeste.

No final do ano passado, foi contratado pelo Imperatriz, do Maranhão, onde permaneceu até fevereiro de 2018, quando retornou ao Altos, conduzindo o clube ao bicampeonato estadual.

 
 
" />