Após fazer história no Maringá, Fernando Marchiori volta a analisar propostas

Foco principal do treinador é a preparação e o planejamento para a temporada 2019

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - O jovem técnico Fernando Marchiori (foto) está de volta ao mercado e pronto para repetir o sucesso que teve no Maringá. O treinador deixou o clube paranaense no mês passado e, após um tempo descansando com a família, recomeçou a busca por uma nova oportunidade. O treinador conhece bem o agitado mercado da bola e sabe que muitos clubes ainda estão em atividade, mas o foco principal é a preparação para a temporada 2019.

"Lógico que, se surgir uma chance boa, eu assumo um clube ainda este ano. Mas a ideia é fazer todo o planejamento visando a temporada 2019. Sempre que tive este tempo, consegui bons resultados. Estou com a bateria recarregada e pronto para novos desafios. Não vejo a hora de começar um novo trabalho e buscar novas conquistas", comentou ele ao site Grande Área.

Com três taças, Marchiori é o técnico que mais títulos conquistou na história do Maringá. Em 2015, na passagem anterior, campeão invicto da Taça FPF, com 77% de aproveitamento, o que levou a Zebra ao Brasileiro Série D de 2016. Em 2017, venceu a Segunda Divisão Paranaense, colocando o time na Elite do Estadual. Ainda na temporada passada, bicampeonato da Taça FPF e vaga no Brasileiro Série D de 2018. Nas duas campanhas que resultaram em títulos nas copas, o time teve o melhor ataque e a melhor defesa.

Somando todos os jogos de Estadual, Taça FPF e Brasileiro Série D disputados entre 2015, 2017 e 2018, o Maringá perdeu apenas uma vez atuando em casa. Sob comando de Fernando Marchiori, foram 61 partidas: 34 vitórias, 15 empates e 12 derrotas, com aproveitamento de 64%.

SAIBA MAIS
Fernando Marchiori, antes de virar técnico, foi jogador e iniciou sua carreira na Portuguesa de Desportos, passou pelo Juventus-SP, ECO-SP, onde foi bicampeão paulista da então Série B1 e B2, CRB-AL, Avaí-SC, União Barbarense-SP, Paraná Clube, América-SP, Mogi Mirim e Juventude-RS. Fora do Brasil, ele jogou na França pelo Istres Ouvest, enquanto na Espanha atuou por San Fernando e Puertollano.

A carreira de treinador iniciou com estágios no Deportivo La Coruña e no Cádiz, ambos clubes do futebol espanhol. Na Espanha, o comandante estudou e certificou-se no curso de monitor de futebol realizado pela Real Federação Espanhola de Futebol. Entre agosto de 2009 e agosto 2013, Marchiori comandou a Seleção Brasileira Macabi de Futebol de Campo, onde foi campeão da Macabiada Australiana 2010.

O treinador iniciou sua carreira de técnico como interino no Luverdense, mas se destacou no Cuiabá. Na primeira passagem pelo clube cuiabano, além de conquistar o Estadual, entrou para história após titulo inédito da Copa Verde de 2015, o que valeu uma inédita vaga na Copa Sul-Americana a um clube do Mato Grosso. Foram 37 jogos: 19 vitórias, nove empates e nove derrotas. Na segunda passagem, chegou a ficar nove partidas invicto, com mais de 810 minutos sem levar gol.

 
 
" />