Panathlon Internacional homenageia Professor Teixeira, lenda do futebol brasileiro

O evento que irá homenagea-ló com o batismo de uma quadra com seu nome, acontece no próximo sábado (7), às 10h da manhã

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - Sócio desde novembro de 2002, a Panathon Internacional de Araçoiaba da Serra resolveu homenagear o Professor José de Souza Teixeira, que faleceu nesse ano. Com direito a grande festa nesse sábado, às 10h da manhã, o clube irá inaugurar uma placar que irá dar o nome dessa lenda do futebol nacional à uma quadra de futebol soçaite.

O evento irá contar também com dois jogos. O primeiro será com jovens alunos da escola de futebol de Araçoiba da Serra. Já o segundo será entre os amigos do Panathon e os Veteranos de Araçoiaba da Serra. Até por conta disso, essa homenagem promete ser um sucesso.

Panathlon Internacional homenageia Professor Teixeira, lenda do futebol brasileiro
Panathlon Internacional homenageia Professor Teixeira, lenda do futebol brasileiro

HISTÓRIA DE PROFESSOR TEIXEIRA
Nascido em 1935, o Professor Teixeira era formado em Educação Física e acumulou passagens por 14 clubes no Brasil e cinco no exterior. Entre eles, foi preparador físico do Corinthians em 1977, quando o clube encerrou um jejum de títulos de 22 anos no comando do técnico Oswaldo Brandão.

Além de ter treinado o Timão interinamente, foi técnico da equipe em 1978. Como viveu grande parte daquele jejum, escreveu o livro "A história de um tabu que durou 22 anos". ele também comandou a equipe por mais de 100 jogos.

Ainda teve passagens por Guarani, em 1982, além de ser considerado uma lenda na cidade de Itu. Lá, na década de 1980, conquistou o primeiro acesso da história do Ituano à elite do futebol paulista. Ele, inclusive, recebeu o título de "Cidadão de Itu". É autor também do livro "50 anos Por Dentro do Futebol: Histórias e Bastidores”.

O Professor Teixeira marcou presença também na seleção brasileira, tendo sido auxiliar do técnico Cláudio Coutinho. Foi também presidente do Sindicato dos Treinadores de São Paulo.

Clubes que passou: Ituano, Portuguesa, São Paulo, Barretos, Corinthians, Noroeste, Bahia, Milionários (Colômbia), Guarani de Campinas, Al Nasr (Arábia Saudita), Al Shabab (Dubai), Universitário de Lima (Peru), Taubaté, Tokio (Japão), Coritiba, Novorizontino e Santos.

 
 
" />