Fenapaf apoia FBTF/Treinadores com nota de repúdio

Casos recentes como as demissão de Vagner Mancini, fizeram com que a categoria voltasse a cobrar a aprovação da Lei Caio Júnior

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 12 - A Federação Brasileira de Treinadores de Futebol - FBTB soltou uma forte Nota de Repúdio contra as constantes demissões de treinadores e a insegurança que geram essas rescisões no mercado de trabalho.

Casos recentes como as demissões dos treinadores Wagner Mancini e Eduardo Batista fizeram com que a categoria voltasse a cobrar a aprovação da Lei Caio Júnior que tramita no Congresso Nacional e regulamenta a profissão no Brasil.

O presidente da FENAPAF, Felipe Augusto Leite, falou ao portal e disse que está solidário à Nota publicada nesta terça-feira pelos treinadores.

"Hipoteco minha solidariedade aos treinadores. A categoria precisa ser mais respeitada, seus planejamentos de trabalho necessitam de continuidade para que o resultado aconteça. A Fenapaf e o seu Clube de Capitães apoiam incondicionalmente a aprovação da Lei Caio Júnior pois irá garantir dignidade para uma categoria relevantíssima para o futebol brasileiro. Estamos juntos sim", concluiu Felipe Leite.