Campeão da Série A3 do Paulista com o Sertãzinho, Serrão analisa propostas

"O momento é de analisar com carinho as propostas que possam chegar para voltarmos ao batente”, disse Serrão

por Grande Área - Campinas

Campinas, SP, 13 (AFI) - O técnico José Carlos Serrão está de volta ao mercado. Serrão acumula excelente passagem no Sertãozinho, já que em 2009 levou o time à elite do futebol estadual. Em 2016, conquistou o título da Série A3 e, consequentemente, o acesso à Série A2. No final da excelente campanha, porém, ele deixou o clube.

O que muita gente vinha comentando é que Serrão havia se aposentado, mas o treinador ainda quer contribuir muito com o futebol brasileiro, pois já dirigiu mais de 40 clubes entre Brasil e exterior.

“Estamos analisando algumas situações para voltarmos ao mercado até porque venho de um título importante e muito difícil - Série A3. Graças a Deus pude contribuir com o Sertãozinho e com a cidade que é apaixonada por futebol”, disse o treinador.

Morando na cidade de Andradas-MG, José Carlos Serrão vem mantendo muitos contatos visando assumir uma equipe no Brasil e já há especulação em seu nome em clube que vai disputar o Módulo II do Campeonato Mineiro, O treinador, porém, soube apenas de especulação e não conversou com nenhum dirigente de clubes.

“Soube através de amigos dessas especulações, mas não houve nenhum contato direto com algum dirigente de clubes comigo. Então o momento é de analisar com carinho as propostas que possam chegar para voltarmos ao batente”, disse Serrão.

No título da Série A-3 do Campeonato Paulista o treinador obteve números expressivos. Chegou ao clube na 12ª rodada e estreou com uma goleada sobre o Comercial por 4 a 0. Dirigiu a equipe em 16 jogos contando a primeira fase, quadrangular final e final, com nove vitórias, três empates e quatro derrotas.

CARREIRA DE JOSÉ CARLOS SERRÃO
Além de comandar o Sertãozinho em quatro oportunidades, Serrão tem passagem por mais de 40 clubes, além de ter jogado no São Paulo, Joinville-SC, Botafogo-PB, Santo André-SP, Anapolina-GO, Desportivo Cucuta, da Colômbia e Seleção Brasileira.

Como técnico dirigiu o Corinthians (categoria de base) São Paulo, XV de Piracicaba, Santo André, Francana, Rio Branco-MG, Central-PE, Marilia, Juventus-SP, CRB, Paysandu, Londrina, Mogi Mirim, Araçatuba, Guarani-SP, Ceará, Gyeonggi, Coréia do Sul, Pogon, da Polônia, Gamba Ozaka-0, do Japão, Coruripe-AL, Icasa-CE, América-SP, São Bento-SP, entre outros.

TÍTULOS
José Carlos Serrão iniciou sua carreira como técnico no São Paulo e com muitas conquistas. campeão Torneio José Maria Marin em 1981, bi-campeão Paulista 1981/82, Campeão Paulista 1985, Campeão Torneio Tereza Herrera (Espanha), 1986, campeão Brasileiro 1986, conquistou acesso com Marília à elite do Paulista, Rio Branco-MG, campeão Mineiro Módulo II e acesso à elite em 1998, bicampeão do Torneio da Amizade 2002/03 com Gyeonggi, da Coreia do Sul, vice-campeão Paraense 1995, com Paysandu.

Além disso, conquistou acesso à elite do Paulista com Sertãozinho em 2009, campeão da Série A-3 do Paulista de 2016 e acesso a Série A-2 do Paulista com clube paulista, além campeão em 2000 do Torneio Brasil 500 anos, campeão Torneio Dalas Cup em 2000 e campeão Paulista Aspirantes em 2000, com equipe de Juniores do Corinthians.

aaa