LIBERTADORES FEMININO: Iranduba 1 (2) x (0) 1 Colo Colo – Hulk é bronze

No tempo normal ficou tudo igual. Nos penais, de oito batidos só dois entraram e com isso o Iranduba ficou em terceiro

por Agência Futebol Interior

Manaus, AM, 02 (AFI) – No jogo que definiu a terceira colocação da Libertadores de América Feminina, o Iranduba-AM levou a melhor sobre o Colo Colo-CHI e, nos pênaltis, ficou coma medalha de bronze. No tempo normal de jogo as equipes empataram por 1 a 1, com Djenifer marcando para o Iranduba e Nubiluz empatando para o Colo Colo. Porém, nas penalidades máximas, o Colo Colo bateu quatro e errou todas – três defesas de Rubi e uma na trave – enquanto o Iranduba bateu três e perdeu um – Ludmila perdeu e Camilinha e Ana marcaram.

O JOGO
Ainda desacorçoado pela eliminação da final da Taça Libertadores de América Feminina 2018, o Iranduba começou a partida meio desligado e errando passes bobos no meio campo. Em 10 minutos de bola rolando o time já havia sido pego e quatro impedimentos por não prestar atenção na jogada. O primeiro lance de perigo veio aos 12 minutos depois que Raquel teve boa chance de chutar para o gol, mas demorou e foi travada pela zaga.

Jogadoras do Iranduba abraçam Djenifer após a marcação que abriu o placar na decisão de terceiro lugar da Libertadores Feminina - Divulgação
Jogadoras do Iranduba abraçam Djenifer após a marcação que abriu o placar na decisão de terceiro lugar da Libertadores Feminina

O jogo seguiu normal e morno até os 38 minutos, quando Raquel cometeu uma falta no meio campo e árbitra Yercina Correa-VEN deu cartão amarelo para ela. Como já tinha, foi expulsa de campo. Mas, o Hulk não sentiu e chegou ao gol aos 44 minutos. Djenifer recebeu a bola no meio da área e bateu por cobertura para fazer 1 a 0 Iranduba. Depois disso mais nada aconteceu e a primeira etapa terminou com a vantagem dos dos da casa.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com o Iranduba melhor, mas ainda sem criatividade para ameaçar. Com isso o tempo foi passando e o Colo Colo foi equilibrando as ações. Aproveitando a jogadora a mais em campo, as chilenas empataram aos 16 minutos. Depois de bola alçada na área, da esquerda. A zaga bateu cabeça e Rangel entrou tocando de perna direita para empatar a partida. Aos 25 o Colo Colo quase virou. Após lançamento em profundidade, Maike foi arrojada e nos pés da atacante fez a defesa evitando o gol. Depois disso o tempo passou e antes da partida ir para as penalidades máximas, o técnico Igor Freitas trocou suas goleiras. Tirou Maike e colocou Rubi.

PÊNALTIS
A alteração feita no último minuto foi fundamental para o Iranduba vencer o jogo. Rubi defendeu três penais e um as chilenas chutaram na trave. Ludmila também perdeu para as amazonenses, mas Camilinha e Ana marcaram e o Iranduba festejou a medalha de bronze da Libertadores Feminina 2018.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
1ª rodada
Data
02/12/2018
Horário
19h00
Local
Arena da Amazõnia - Manaus (AM)
Árbitro
Yercina Correa (VEN)

Assistentes
Yoleida Lara (VEN) e Migdalia Rodrigues (VEN)

Cartões Amarelos
Iranduba-BRA: Raquel, Djenifer
Colo Colo-CHI: Yessenia

Cartões Vermelhos
Iranduba-BRA: Raquel
Gols
Iranduba-BRA: Djenifer 44' 1T
Colo Colo-CHI: Nubiluz 16' 2T
Iranduba-BRA
Maike (Rubi);
Monalisa (Sinara), Jujuba, Antônia e Djenifer;
Raquel, Ludmila, Andressinha (Camilinha) e Ana
Mayara e Barrinha
Técnico: Igor Freire
Colo Colo-CHI
Castro;
Gusman, Pino, Rangel e Jimenez;
Balmaceda (Quezada), Ascânio, Rios (Alfaro) e Torres;
Hidalgo e Huenteo.
Técnico: Alberto Veliz
 
 
" />