Feminino: Andressa Alves marca em seu 70º jogo pela Seleção e sonha com América

Jogadora vive grande fase do Barcelona, onde está desde 2016

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - Vivendo grande fase do Barcelona, onde está desde 2016, Andressa Alves foi uma das escolhidas pelo técnico Vadão para a disputa da Copa América Feminina, no Chile. A competição abre a possibilidade de a jogadora conquistar seu terceiro título pela seleção principal e a segunda Copa América. Além disso, a camisa 7 acaba de completar uma grande marca. No jogo contra a Bolívia, a jogadora, além de ter feito um gol e ajudado a Seleção na vitória por 7 a 0, completou seu jogo de número 70 com a amarelinha.

Ao comentar sobre o momento que vive e as convocações para defender o Brasil, Andressa se mostrou contente e disse que se dedica muito para sempre estar na lista de convocadas da Seleção Brasileira.

“Realmente sinto que vivo um grande momento em minha carreira. Tive uma lesão no início do ano, mas já estou recuperada e em forma. Estou bastante adaptada ao Barcelona e todo ambiente do clube, isso é fundamental para o meu bom rendimento ao longo da temporada. Lá, jogo ao lado de atletas incríveis, ao lado da atual melhor do mundo e isso só me ajuda a crescer cada vez mais como jogadora. Minhas convocações para a Seleção apontam que estou realizando bem o meu trabalho pelo clube. Sempre é uma honra muito grande vestir a Amarelinha e cada convocação é um grande motivo para comemorar. Alcançar uma marca como essa de 70 jogos fazendo gol só me dá mais certeza que o meu trabalho está sendo bem feito e reconhecido”, afirmou.

Andressa Alves tenta conquistar a Copa América pela quarta vez
Andressa Alves tenta conquistar a Copa América pela quarta vez
Caso Andressa conquiste o título da atual Copa América com a Seleção Brasileira, será a quarta vez que a jogadora conquista o continente. Além de já ter levantado o troféu de tal competição, a atual camisa 7, quando atuava no São José, foi bicampeã da Copa Libertadores da América, nos anos de 2013 e 2014.

Andressa relembra as conquistas continentais pelo clube paulista e não esconde a expectativa para um possível título da Copa América com a seleção.

“Relembrar os dois títulos da Libertadores sempre me trazem sentimentos muito bons. Em 2013, a felicidade de conquistar a competição teve um gosto especial por ter sido a primeira vez, foi um sentimento indescritível. A conquista de 2014 foi simplesmente sensacional, levantar mais uma vez um grande título, de maneira consecutiva foi realmente muito especial. São títulos que estão marcados na minha carreira. E a possibilidade de alcançar a Copa América com a camisa da Seleção Brasileira novamente me deixa muito animada. Levantamos o troféu na edição de 2014, no Equador, e, agora, estamos trabalhando muito duro para conseguirmos o título novamente. Nosso treinamento começou no início do ano, a expectativa de todas as jogadoras grande. Acho que iniciamos muito bem, estamos no caminho certo. Esperamos poder voltar com essa taça para o Brasil”, concluiu.

Com quatro vitórias nas primeiras quatro partidas - sobre Argentina, Equador, Venezuela e Bolívia -, a Seleção Brasileira já tem a classificação garantida para o mata-mata. A fase final da competição terá início no dia 16 de abril. A Copa América tem a grande final marcada para o dia 22 do mesmo mês.

 
 
" />