Meio-campista ex-Vasco é preso na Colômbia por violência doméstica

O combiano Fredy Guarin foi detido nesta tarde de quinta-feira, o colombiano estava embriagado. A acusação foi por ter agredido o pai

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 1 (AFI) - O volante colombiano Fredy Guarín, do Millonarios, foi preso pela polícia de Medellín após uma briga doméstica. De acordo com o jornal colombiano "El País", Guarín foi conduzido pelos policiais em estado de embriaguez, após a denúncia feita pelos próprios familiares do jogador, que o acusam de ter agredido o pai, e outros parentes.

Há um vídeo do momento do jogador sendo levado pela polícia local. Mais tarde no hospital,Guarin ainda resistiu e tentou fugir das autoridades, o jogador foi encaminhado ao hospital para realizar exames mentais antes de ir para a cadeia.

Espaço incorporado por HTML (embed)

CLUBE AINDA NÃO SE MANIFESTOU

O Milionários ainda não prestou nenhuma declaração sobre o ocorrido e está aguardando mais informações das autoridades. O jogador estava recebendo críticas por parte de torcida e da imprensa, pelo excesso de peso.

 Fredy Guarín nos tempos de Vasco
Fredy Guarín nos tempos de Vasco

PASSAGEM NO BRASIL

O colombiano chegou a atuar uma temporada pelo Vasco, em 2019. O jogador era um dos principais nomes da equipe na disputa do Campeonato Brasileiro. Guarín deixou o clube carioca em 2020.

VOLTA A COLÔMBIA

De volta ao futebol colombiano após 16 anos, o volante fez até agora sete partidas pelo Millonarios, mas faltou ao treino da última segunda-feira, alegando problemas pessoais.