Classificado para o Mundial de Clubes desiste por causa da Covid-19

Assim, o Al Duhail já está classificado para a próxima fase e esperará pelo vencedor do duelo inicial

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) - No Brasil é normal um clube desistir de disputar essa ou aquela competição. Agora, um time não querer jogar o Mundial de Clubes é novo. Culpa da pandemia de Covid-19 que fez o Auckland City, da Nova Zelândia, dizer "não" para a Fifa.

Com medo de contágio dos seus atletas, o representante da Oceania não jogará a edição 2020. Assim, o Al Duhail já está classificado para a próxima fase e esperará pelo vencedor do duelo inicial.

Não, obrigado. (Foto: Divulgação)
Não, obrigado. (Foto: Divulgação)
"Apesar dos intercâmbios regulares da Fifa com o clube, o futebol neozelandês e a OFC (Confederação de Futebol da Oceania) nos últimos dias, as exigências das autoridades neozelandesas em relação ao isolamento e quarentena vão além da competência da Fifa e, portanto, não foi possível chegar a uma solução", diz a entidade.

EM FEVEREIRO!
O Mundial de Clubes, que costuma acontecer em dezembro, será realizado a partir de 1º de fevereiro. Até aqui, Al Duhail, Al Ahly, Bayern de Munique, Ulsan Hyundai e Tigres já estão garantidos. Palmeiras e Santos lutam pelo título da Libertadores e por uma vaga no Mundial.

A Fifa garante que "implementará um protocolo médico e de segurança abrangente, fornecendo as salvaguardas necessárias para proteger a saúde e a segurança de todos os envolvidos na competição".