Atrás da hegemonia, clube sul-americano será controlado por grupo do City

Ideia é que o time boliviano esteja forte no centenário em 2025

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - Em busca de hegemonia na Bolívia e respeito na América do Sul, o Bolívar aceitou proposta do City Football Group e será o 11º clube no mundo a pertencer ao grupo que também controla o Manchester City.

Projeto ambicioso. (Foto: Reprodução)
Projeto ambicioso. (Foto: Reprodução)
A ideia é que o time boliviano esteja forte no centenário em 2025. Mesmo sendo o maior campeão da Bolívia com 29 títulos, o Bolívar venceu apenas uma vez nos últimos cinco anos. Na Libertadores, principal torneio da América do Sul, o futebol do time quase não existe.

Neste ano, por exemplo, o Bolívar caiu ainda na fase de grupos. A melhor campanha foi uma semifinal na Liberta. Na Sul-americana há o vice de 2004. Além do campo, o Bolívar quer modernizar sua estrutura e espera ter uma das melhores instalações da América do Sul.

O Bolívar se junta, além do Manchester City, a Girona (Espanha), Estac Troyes (França), Lommel SK (Bélgica), New York City (Estados Unidos)m Montevideo City Torque (Uruguai), Melbourne City (Austrália), Sichuan Jiuniu (China), Yokohama Marinos (Japão) e Mumbai City (Índia) - todos controlados pelo City Football Group.