Após enfrentar Brasil, zagueiro é o 8º caso de covid confirmado na Seleção Uruguaia

Godín já está fazendo isolamento social e se quer está participando dos treinamentos do Cagliari

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 20 (AFI) - Após enfrentar e ser derrotado pela Seleção Brasileira, por 2 a 0, na quarta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar de 2022, na última terça-feira (17), o Uruguai confirmou o oitavo caso de coronavírus entre os convocados. O infectado da vez é o zagueiro Godín, que testou positivo em um exame médico realizado pelo Cagliari, da Itália.

Antes do experiente defensor, já tinham testado positivo recentemente: Matías Viña, lateral do Palmeiras; Luís Suárez, do Atlético de Madrid; Rodrigo Muñoz, do Cerro Porteño; Alexis Rolín, do Olimpia; Diego Rossi, do Los Angeles FC; Lucas Torreira, também do Atlético de Madrid; e Darwin Nuñez, do Benfica.

Após enfrentar Brasil, zagueiro é o 8º caso de covid confirmado na Seleção Uruguaia
Após enfrentar Brasil, zagueiro é o 8º caso de covid confirmado na Seleção Uruguaia
Ainda sem saber que estava com covid-19, ele retornou a Itália na última quinta-feira. Como não teve contato com os demais companheiros do Cagliari, já entrou em isolamento social e irá cumprir quarentena, conforme as orientações das autoridades de saúde do país europeu que está passando pela segunda onda de contágio.

O meia Nández, companheiro de Godín na Seleção Uruguaia e no Cagliari, que viajou junto com o zagueiro no retorno a Itália, também fez exames e testou negativo. Mesmo assim, por precaução, ele não foi relacionado para o jogo deste sábado (21), contra a Juventus, pela oitava rodada do Italiano.