Em festa, capitão do Zenit deixa taça de cristal da Copa da Rússia cair e quebrar

No jogo, o Zenit St.Petersburg sofreu, mas bateu por 1 a 0 o Khimki, equipe que acabou de garantir o acesso à primeira divisão

por Agência Estado

São Paulo, SP, 25 - Objetos de cristal costumam requerer cuidado ao serem manuseados por serem frágeis. Durante uma comemoração de um time que acaba de ser campeão, os jogadores não costumam pensar muito em ter cuidado com os objetos. Assim, não chega a ser grande surpresa o ocorrido com o troféu da Copa da Rússia após a final deste sábado, vencida pelo Zenit, time de São Petersburgo.

Espaço incorporado por HTML (embed)

No jogo, o Zenit St.Petersburg sofreu, mas bateu por 1 a 0 o Khimki, equipe que acabou de garantir o acesso à primeira divisão do Campeonato Russo. A vitória veio apenas aos 39 minutos do segundo tempo, com um pênalti convertido pelo artilheiro Dzyuba.

Durante a festa, o troféu de cristal estava nas mãos do capitão do Zenit, o zagueiro sérvio Branislav Ivanovic, ex-Chelsea, que deixou a taça cair no gramado em um gesto desastrado. O meia russo Magomed Ozdoyev e o zagueiro ucraniano Yaroslav Rakitskiy pegaram o troféu e Ozdoyev encontrou um pedaço quebrado, antes de rir e seguir comemorando.

NA HISTÓRIA!
Nas redes sociais, alguns torcedores afirmaram que o troféu era muito delicado, enquanto que outras pessoas lembraram que o CSKA Moscou e o Lokomotiv Moscou também causaram danos à taça em anos anteriores.

Zenit vence Copa da Rússia
Zenit vence Copa da Rússia
A situação ainda não foi tão desastrosa quanto outra parecida, ocorrida em 2011: naquele ano, o zagueiro Sergio Ramos deixou o troféu da Copa do Rei, vencida pelo Real Madrid, cair do ônibus onde a equipe fazia uma parada pela capital espanhola. Uma das rodas do veículo passou por cima da taça e a danificou mais ainda. Aquela versão do troféu foi aposentada e hoje está exposta no Museu da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol).