Luto! Maior ídolo do futebol iraquiano morre de Covid-19

Em 1986, no México, Ahmed Radhi marcou o único gol do Iraque na histórias das Copas do Mundo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 21 (AFI) – O Coronavírus fez mais uma vítima no futebol. O ex-jogador Ahmed Radhi, maior ídolo da história do Iraque, faleceu aos 56 por complicações vinculadas a Covid-19.

Ao longo da carreira, o atacante defendeu Al-Rasheed e Al-Zawra’a, ambos do Iraque, além do Al-Wakrah, do Catar. Ele conquistou cinco campeonatos nacionais em seu país, mas ficou marcado na história ao disputar a Copa do Mundo de 86, no México.

Na partida contra a Bélgica, em derrota por 2 a 1, pela segunda rodada do Grupo B, Rhadi marcou o primeiro e único gol do Iraque na história das Copas do Mundo.

Também com a seleção iraquiana, ele conquistou os títulos de 84 e 88 da Copa do Golfo das Nações. Recentemente, ingressou na política em seu país e chegou a ser um dos membros do parlamento iraquiano.