Três países da África encerram seus campeonatos por causa da pandemia do Covid-19

Mazembe, algoz do Internacional no Mundial de Clubes, promete recorrer da decisão na Justiça

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - Congo, República do Congo e Ilhas Maurício não darão sequência a seus campeonatos nacionais, informaram as Federações desses três países africanos. O motivo: a pandemia do novo coronavírus.

Na Justiça contra o time do nacional. (Foto: Divulgação)
Na Justiça contra o time do nacional. (Foto: Divulgação)
O Otoho foi considerado campeão do Congo ao abrir 14 pontos de vantagem para o vice-líder. Na República do Congo não haverá campeão. A maioria dos clubes assim escolheu, mas o líder Mazembe promete entrar na Justiça. A Ilhas Maurício ainda não definiu o que irá fazer.

Antes desses três países africanos, Burkina Faso, Guiné, Quênia, Angola, Libéria, Níger e Etiópia já haviam encerrado seus nacionais pelo mesmo motivo. Isso também foi visto na Europa com França, Holanda e Bélgica.