Ex-técnico do Tottenham, Pochettino se diz pronto para voltar a comandar um time

O treinador afirmou que se aprimorou durante este período em que está sem clube e que aprendeu muito com seus últimos trabalhos

por Agência Estado

Campinas, SP, 23 - Ex-técnico do Tottenham, pelo qual foi vice-campeão da Liga dos Campeões da Europa na temporada passada, o argentino Mauricio Pochettino afirmou que está pronto para voltar a treinar e mostrou interesse em comandar outro clube na Inglaterra. No entanto, também disse estar aberto a equipes de outras ligas europeias.

Pochettino disse que a decisão a respeito de seu futuro profissional será tomada com base no projeto oferecido a ele pelo time que queira contratá-lo, mesmo que a equipe esteja fora do grupo dos seis primeiros colocados na tabela do Campeonato Inglês.

"Minha ideia é continuar morando em Londres, mas ao mesmo tempo estou aberto a diferentes países, para ouvir e ver o que acontece", contou Pochettino à emissora Sky Sports.

Ex-técnico do Tottenham, Pochettino se diz pronto para voltar a comandar um time
Ex-técnico do Tottenham, Pochettino se diz pronto para voltar a comandar um time
MELHOROU
O treinador afirmou que se aprimorou durante este período em que está sem clube e que aprendeu muito com seus últimos trabalhos. Ele foi demitido do Tottenham em novembro do ano passado, após início ruim da equipe londrina na liga inglesa. Antes disso, foi um dos responsáveis por uma temporada memorável, levando a equipe à final da Liga dos Campeões, perdida para o Liverpool por 2 a 0.

"Estou pronto e somos uma equipe técnica muito melhor agora. Aprendemos muito com nossas experiências no Espanyol, Southampton e Tottenham. Temos muito a oferecer às pessoas que irão confiar em nós no futuro", disse o argentino sobre si e sua comissão técnica, formada pelo auxiliar Jesus Perez e o treinador de goleiros Toni Jimenez, além de outros profissionais que o acompanham por onde vai.

FOCO EM VOLTAR
Pochettino disse que o status do seu próximo clube não é tão importante na sua avaliação na hora de escolher um time para treinar.

"Há duas coisas que são importantes: a primeira são os fãs estão por trás de todos os clubes. Essa é a estrutura que mantém vivas todas as empresas que fornecem o entretenimento que é futebol", explicou o técnico.

"Outra coisa muito importante são as ideias dos clubes. Todos os clubes e empresas têm diferentes culturas, filosofias, maneiras de trabalhar. Todos eles têm planos diferentes para o sucesso", acrescentou.