Mais um país europeu encerra campeonato e define seu campeão

Após 29 rodadas, o Brugge estava na liderança com 25 pontos a mais (70 a 45) que o Gent, o segundo colocado

por Agência Estado

Campinas, SP, 15 (AFI) - A Bélgica é o terceiro país da Europa a decretar o fim de seu campeonato nacional em meio à pandemia do novo coronavírus - antes foi Holanda e França.

Nesta sexta-feira, uma reunião por videoconferência da Assembleia-Geral da Real Associação Belga de Futebol confirmou a decisão tomada no mês passado pela Jupiler Pro League, que organiza os torneios no país, e confirmou o título para o Brugge.

Na Bélgica, o regulamento é diferente das principais ligas na Europa. Após 29 rodadas, o Brugge estava na liderança com 25 pontos a mais (70 a 45) que o Gent, o segundo colocado. Restava apenas uma jornada para concluir a primeira fase da competição.

Depois, os seis primeiros classificados seguiriam para um playoff para determinar o campeão e os clubes com vagas na Liga dos Campeões e na Liga Europa.

É campeão! É campeão! (Foto: Divulgação)
É campeão! É campeão! (Foto: Divulgação)
VAGAS!
Assim, o Brugge e o Gent estão classificados para a Liga dos Campeões - o primeiro direto para a fase de grupos e segundo para o playoff -, o Charleroi garantiu vaga na fase de grupos da Liga Europa e o Royal Antwerp e o Standard Liège jogarão as fases preliminares desta competição. Pelo segundo ano seguido, o Anderlecht, clube mais tradicional da Bélgica, ficará de fora dos torneios europeus por terminar na oitava colocação.

Do outro lado da tabela de classificação, o Waasland-Beveren, com 20 pontos, foi o único rebaixado para a segunda divisão. Para decretar a equipe que subirá, ainda será disputada, sem data definida, a partida final do playoff entre Beerschot e Leuven.

Na ida, o primeiro venceu por 1 a 0 e tem a vantagem. Caso o jogo não possa ser disputado até o início da próxima temporada, o Westerlo, que obteve o maior número de pontos na primeira fase, será o time promovido.

Com o título, o Brugge chegou ao seu 16.º na história e segue atrás do Anderlecht, que é o maior campeão do país com 34 no currículo.