Ídolo da Roma, meia Daniele De Rossi deixará a equipe depois de 18 temporadas

Só é superado pelo próprio Totti, que defendeu o time em 786 partidas e anotou 307 gols

por Agência Estado

São Paulo, SP, 14 - De forma surpreendente, o meia italiano Daniele De Rossi anunciou nesta terça-feira que vai deixar a Roma ao final desta temporada depois de 18 anos servindo unicamente ao clube romano. Faltam duas rodadas para o encerramento do Campeonato Italiano e a sua despedida será em casa contra o Parma, no próximo dia 26, no estádio Olímpico.

"A Roma e eu nos escolhemos mutuamente. Há muito amor entre nós, agora e no futuro, mesmo que de outra forma. Não aposte que não me verá entre os torcedores em alguns jogos, comendo um sanduíche, uma cerveja e celebrando com meus amigos", disse o jogador em uma entrevista coletiva nesta terça-feira, em Roma, logo após o anúncio de sua saída do clube.

"Percebi a decisão que o clube estava tomando sobre mim. Tenho quase 36 anos e sei como é o futebol, mas eu não queria desfocar a luta pela vaga europeia. Agradeço aos diretores pela oferta, respeito e aprecio, mas ainda me sinto um jogador. Não estou exultante, mas aceito a decisão do clube. Não carrego ressentimentos. Nunca falamos sobre dinheiro: não era esse o X da questão", comentou De Rossi, sem revelar onde jogará a partir da próxima temporada.

Ídolo da Roma, meia Daniele De Rossi deixará a equipe depois de 18 temporadas
Ídolo da Roma, meia Daniele De Rossi deixará a equipe depois de 18 temporadas
GIGANTE

Capitão da Roma nas últimas duas temporadas - sucedeu o ídolo Francesco Totti, que encerrou a sua carreira -, De Rossi pensa em prosseguir carreira fora de Itália. Pelo clube romano, já fez 615 jogos e marcou 63 gols. Só é superado pelo próprio Totti, que defendeu o time em 786 partidas e anotou 307 gols.

"Há quase 18 anos um jovem Daniele De Rossi estreava com a Roma contra o Anderlecht. Contra o Parma no Olímpico, vai fazer o seu último joga com a nossa camisa. Será o fim de uma era", disse a nota oficial do clube. "Durante 18 anos, Daniele foi o coração da Roma. Sempre representou os torcedores romanistas no campo com orgulho, confirmando ser um dos melhores meias da Europa", comentou o presidente James Pallotta.