Em recesso, Justiça pode tirar Ronaldinho Gaúcho do 'jogo das estrelas' em Dubai

Agora, a defesa do jogador tem dois caminhos a seguir para tentar reverter à decisão

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 20 (AFI) – Ronaldinho Gaúcho sofreu uma dura derrota fora dos gramados. Na última quarta-feira o Sistema Judiciário brasileiro entrou em recesso sem analisar o seu recurso do jogador, que pede ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a devolução do seu passaporte em caráter liminar. Ele foi condenado por crime ambiental em 2015, mas nunca cumpriu a sentença. Por isso, o Ministério Publico (MP) pediu a apreensão do seu passaporte, além da multa de R$ 8,5 milhões.

Em 2009, Ronaldinho foi autuado em flagrante pela construção de uma plataforma de pesa em uma zona de preservação ambiental. Além disso, canalizou um riacho nas margens do Lago Guaíba, na região de Porto Alegre. Ele foi condenado em 2015 pelo crime e deveria desfazer todas as obras no local, mas nunca cumpriu a sentença. No início do ano o MP pediu a apreensão do seu passaporte, que foi acatada pela justiça apenas em novembro.

Em recesso, Justiça pode tirar Ronaldinho Gaúcho do 'jogo das estrelas' em Dubai
Em recesso, Justiça pode tirar Ronaldinho Gaúcho do 'jogo das estrelas' em Dubai
A grande apreensão de Ronaldinho é perder o Globe Soccer Player, jogo festivo que acontece em Dubai, na Emirados Árabes, no dia 2 de janeiro, e reúne todas as grandes estrela do futebol mundial. O presidente da FIFA, Giovanni Infantino, será uma das personalidades presentes. O ‘Bruxo’ também estava confirmado, mas precisa recuperar o passaporte para entrar em campo. Agora, a defesa do jogador tem dois caminhos a seguir para tentar reverter à decisão.

Mesmo durante o recesso, o STJ pode proferir uma decisão em caráter de urgência a favor do jogador – ele também tem um recurso tramitando no Supremo Tribunal Federal (STF). Além disso, a defesa pode e deve entrar com um pedido de habeas corpus, que seria julgado pelo ministro de plantão. A última medida de Ronaldinho pode ser usar seu passaporte da Espanha, já que ele é naturalizado espanhol, mas isso teria consequência jurídicas aqui no Brasil.